Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Na casa do seu Maduro’, de Alamir Longo

ALAMIR LONGO I Na casa do seu Maduro dizem que falta de tudo: arroz, açúcar, batata… leite, pão e feijão-miúdo. Já virou caso polêmico pois até papel higiênico falta ao chavista papudo.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 05h01 - Publicado em 11 nov 2013, 08h50

ALAMIR LONGO

I
Na casa do seu Maduro
dizem que falta de tudo:
arroz, açúcar, batata…
leite, pão e feijão-miúdo.
Já virou caso polêmico
pois até papel higiênico
falta ao chavista papudo.

II
O motorista maluco
que ficou de governante,
tem cabeça de formiga
e esqueleto de elefante,
pois afunda a Venezuela
e enterra junto com ela
seu delírio estatizante.

III
O governo brasileiro
que apoia a sanha chavista,
já mandou à Venezuela
um seu grande estrategista
para estudar a situação
e salvar a eleição
que no horizonte se avista.

IV
E dizem que, pelo jeito,
uma solução se aponta,
que nos bancos oficiais
um grande plano se monta
para salvar o companheiro,
mas é o povo brasileiro
que vai pagar essa conta.

Continua após a publicidade

Publicidade