Assine
Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Publicidade
Paulo Cezar Caju
Quem realmente entende de futebol, na prática e não apenas na teoria, sabe a diferença entre firula e recurso
Grandes clubes do país vêm sendo destruídos por dirigentes, sanguessugas, destruidores de patrimônio e coveiros da memória
Ainda em meio à maldita pandemia, Vasco, Botafogo e Cruzeiro seguem rumos humilhantes; na Libertadores, argentinos são favoritos
Jorge Jesus chacoalhou o Brasil e abriu portas, mas se mandou. Fernando Diniz é a grata surpresa, enquanto Rogério Ceni ainda não disse a que veio
Gerson foi o personagem da rodada: apesar do caso de racismo, foi o grande destaque do Flamengo. Por que não levá-lo para a seleção, Tite?
No Brasileirão, empresários de atletas estrangeiros estão fazendo a festa e vendendo gato por lebre
Preparação física e conhecimento tático são importantes, mas só quem chutou bola pode corrigir a falta de fundamentos primários dessa garotada
Comoção em torno da morte do craque é exagerada, sobretudo por parte dos brasileiros. Por que valorizamos Diego e menosprezamos Garrincha?
Na década de 60, também fui vítima de racismo no Sul. Se tivesse me revoltado, talvez meu destino fosse o mesmo de João Alberto Silveira Freitas
Cadê os jogos do Brasil na TV aberta? Sumiram. Mas não vou abrir o bolso para ver um time que está longe de encantar
Seleção brasileira e a maioria dos clubes do país proporcionaram mais um show de mediocridade
Há alguns anos venho destacando o trabalho do treinador, mas a imprensa o menospreza e, em alguns casos, faltou com o respeito
microfone
Placar

Eles acham que somos imbecis?

Por Paulo Cezar Caju Atualizado em 26 out 2020, 18h22 - Publicado em 26 out 2020, 13h50
Os comentaristas precisam falar a linguagem do torcedor. Se está precisando de tradutor é porque tem algo de errado
Estar ao lado do Rei nas eliminatórias de 1969 e na Copa do México foi conviver com um grande ídolo, o super-herói da minha infância
É estranho que sites de aposta patrocinem clubes de futebol
Num campeonato repleto de times que só pensam em desarmar, jogar bonito virou sinônimo de irresponsabilidade
Clube mineiro é gigante e deveria ser uma das marcas mais valiosas do mundo, mas está sendo dizimado por cartolas
Treinadores, caprichem na pimenta e no afrodisíaco: nossa torcida, mesmo que virtual, merece algo bem melhor
Ao falar dos tropeços dos favoritos, é preciso também reconhecer o valor dos adversários. Atlético-GO, Goiás e Sport tiveram méritos nesta rodada
Publicidade