Clique e assine a partir de 9,90/mês

O treinamento de força e seus benefícios para a saúde

As regras de isolamento social também transformaram a forma da população de manter a mente e corpo ativos

Por Da Redação - Atualizado em 30 abr 2020, 19h21 - Publicado em 30 abr 2020, 19h18

Possivelmente, corridas, caminhadas e passeios de bicicleta não são os exercícios mais recomendados em tempos de pandemia. Embora o exercício aeróbico já tenha sido visto como o melhor tipo de treino, atualmente o treino de força é bem mais valorizado pela ciência, e todos nós podemos fazer no conforto de nossas casas sem nenhum equipamento.

A ciência diz que força muscular do homem atinge o pico por volta dos 30 anos. Depois disso gradativamente a musculatura vai diminuindo, e em algumas pessoas, ela diminui tanto, que ações cotidianas se tornam desafiadoras, como levantar da cadeira ou subir escadas. O treinamento de força pode aumentar a expectativa de vida, reduzir o risco de câncer, de derrame; aumenta a capacidade cerebral e ainda queima calorias. Ter músculos mais fortes possivelmente diminui as chances de contrair doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2.

Há até evidências de que músculos treinados podem melhorar a memória e impedir o declínio cognitivo. É importante levar em consideração que o treinamento de força é importante em qualquer idade. Diretrizes de exercícios do Reino Unido declararam pela primeira vez que todos os adultos devem realizar atividades de fortalecimento muscular pelo menos dois dias por semana.

Publicidade