Clique e assine a partir de 9,90/mês

Remdesivir será a cura para a Covid-19?

Na acelerada busca por um remédio contra a Covid-19, um medicamento tem recebido atenção especial: o Remdesivir.

Por Da Redação - 27 abr 2020, 13h53

Criado em laboratório há exatos oito anos, é um antiviral que já foi usado para tratamento do ebola e da MERS (Síndrome Respiratória de Coronavírus do Oriente Médio).

A droga foi testada em alguns pacientes, e notou-se a diminuição da febre. Alguns inclusive saíram dos aparelhos de respiração artificial no dia seguinte. Todos receberam alta, e deixaram o hospital depois de apenas uma semana de tratamento. Ainda não é possível tirar conclusões definitivas, mas há um caminho de avanços a partir dos resultados com esse grupo de teste.

As investigações foram feitas ancoradas em uma metodologia conhecida como “teste aberto”, no qual médicos e pacientes sabiam que o remdesivir estava sendo ministrado – o padrão acatado hoje em dia é o do “duplo-cego”, em que ambas as partes trabalham com desconhecimento do remédio ministrado. Nestes ensaios, os doentes são divididos aleatoriamente em dois grupos – um recebendo Remdesivir e outro, placebo. Evidências estatísticas realmente válidas virão de levantamentos mais amplos.

Publicidade