Clique e assine a partir de 9,90/mês

Como deve ser a volta às aulas com a pandemia?

Tanto os impactos na formação de uma geração por conta das escolas fechadas quanto as consequências das reaberturas assustam

Por Da Redação - Atualizado em 7 ago 2020, 18h47 - Publicado em 7 ago 2020, 18h28

Não há uma unanimidade quanto à volta de crianças e jovens para as escolas. No Rio de Janeiro, enquanto a prefeitura da capital liberou as aulas de forma parcial, o governo do estado decidiu manter todas as aulas suspensas. Em Israel, um dos primeiros países a liberar a reabertura das instituições de ensino, membros do governo definiram a decisão de reabrir escolas como um grande erro.

Se nem as autoridades sabem qual é o melhor caminho para se traçar quanto a educação das crianças na pandemia, as famílias estão ainda mais perdidas. Algumas tem o grande problema de não ter com quem deixar os seus filhos enquanto saem para trabalhar com as escolas fechadas. Para outras, uma volta obrigatória às aulas representa um grande risco a saúde de alguns de seus membros.

Trata-se de um momento totalmente novo para país, alunos, professores e, até mesmo, para as autoridades. Reabrir as escolas pode trazer problemas. Não abrir, também. A chave para uma volta às aulas segura sem dúvida passa pela soma de informação e cautela.

Publicidade