Clique e assine a partir de 8,90/mês

A geração dos millennials molda o mundo e abre caminho para mais mudanças

Esses jovens estão chacoalhando a política, levantando bandeiras como a do antirracismo, da sustentabilidade e da maior igualdade entre gêneros

Por Da Redação - 16 out 2020, 19h15

Pela primeira vez, os millennials serão maioria na eleição americana. O grupo, que conta com pessoas com idade entre 24 e 39, ultrapassou nos Estados Unidos os baby boomers, nascidos após a Segunda Guerra Mundial e são agora a maior fatia demográfica do país.

No Brasil o cenário se repete. Por aqui, os millennials já são a maior parte da população, a principal força motriz do mercado de trabalho e os que mais consomem. De acordo com um levantamento feito pelo banco de investimento Itaú BBA, a geração Y, como também é conhecida, representa hoje metade da força de trabalho brasileira, e deve chegar a 70% até 2030.

Esses jovens estão chacoalhando a política, levantando bandeiras como a do antirracismo, da sustentabilidade e da maior igualdade entre gêneros. Além disso, as mudanças provocadas por essa turma vão além da política. Eles estão ditando o modo de viver, pensar, trabalhar e consumir, e derrubando pilares da economia que não se adequam ao seu perfil.

 

Continua após a publicidade
Publicidade