Clique e assine a partir de 9,90/mês

Fachin defende que STF analise pedido de liberdade de Lula antes do dia 15

Para o ministro, ‘toda a celeridade em matéria eleitoral é importante para não deixar dúvida no procedimento’

Por Da Redação - 1 ago 2018, 19h21

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu nesta quarta-feira que a Corte analise com agilidade um recurso apresentado pelo ex-presidente Lula que pode suspender a pena de prisão. Segundo o ministro, o caso deve ser julgado antes do dia 15 de agosto, prazo final para o registro das candidaturas à presidência da República.

Em junho, Fachin negou esse pedido de liminar para suspender a prisão do líder petista, mas ele ainda precisa ser julgado pelo plenário do Supremo o que tem não tem data para acontecer.

Nas palavras do ministro,”toda a celeridade em matéria eleitoral é importante para não dúvida no procedimento”.

Publicidade