Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

4 filmes não tão natalinos para fugir da mesmice do feriado

Acompanhe o 'Em Cartaz' dessa semana

Por Da Redação
Atualizado em 24 dez 2018, 12h00 - Publicado em 24 dez 2018, 12h00

Para comemorar o feriado com a família, o ‘Em Cartaz’ dessa semana separou quatro filmes que fogem do estereótipo natalino clássico que vemos na televisão todos os anos. Apesar de não ser um filme, mesmo tendo a mesma duração de um, o quarto episódio da segunda temporada de Black Mirror, ‘White Christmas’ está disponível na Netflix. Em uma cabana isolada no meio da neve, onde Matt e Potter contam três diferentes histórias pessoais, que acabam por se entrelaçar. Ao contrário de outras séries, Black Mirror não segue uma narrativa que se extende por episódios, cada capítulo tem uma história distinta, ou seja, não há necessidade de assistir episódios anteriores antes de cair de cabeça em ‘White Christmas’.

Para os fãs de terror e os de comédia, Krampus é a pedida certa. O filme de terror natalino conta a história de um menino, que por causa de brigas de sua família durante o feriado, acaba por parar de acreditar na magia do Natal. Sem querer, ele acaba convocando um espírito maligno que ataca aqueles que não acreditam na data, colocando a família inteira em risco. Lançado em 2015, o filme não só se encaixa no gênero de terror como também na comédia, surpreendendo positivamente o espectador.

Todo ano, três amigos de infância se reúnem para celebrar a véspera de Natal juntos, desde que um dos personagens perde os pais em um acidente de carro trágico. Depois de 15 anos de tradição, os amigos decidem dar um fim na comemoração conjunta da melhor forma: uma festa gigante de Natal. Estrelado por Seth Rogen, Joseph Gordon-Levitt e Anthony Mackie, A Última Noitada é leve e bom para dar algumas risadas, sem perder o clima de Natal.

Escrito por Tim Burton, O Estranho Mundo de Jack narra a história de um esqueleto que mora na Cidade do Halloween, mas sonha com uma mudança radical. Depois de passar por um portal para a Terra do Natal, Jack volta abalado para sua cidade com um plano: sequestrar o Papai Noel e criar seu próprio Natal na Cidade do Halloween. O filme musical é também um stop motion, indicado a um Oscar em 1994 por Melhores Efeitos Especiais. Ao todo, o longa teve um total de 100.000 frames tirados para a animação, 257 bonecos de personagens e 120 pessoas na equipe de filmagem.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.