Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Semana de três dias é caso de polícia

Deputados e senadores trabalham de terça a quinta e ganham mais de cem mil por mês

Somando-se os salários e as malandragens disfarçadas de “auxílios” deputados e senadores ganham mais que cem mil reais por mês. A imensa maioria do povo do qual se dizem representantes nem sonha com essa fortuna desse tamanho. Isso não é tudo.

Enquanto as pessoas comuns trabalham no mínimo cinco dias por semana, essa gente especial chega a Brasília no começo da tarde de terça e volta para casa no fim da tarde de quinta. Graças a esse ritmo preguiçoso a reforma da Previdência vai consumir um ano legislativo inteiro até ser aprovada.

Esse exemplo basta para concluir-se que não se trata de uma questão trabalhista. A semana de três dias é um caso de polícia.

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. José Oliveira Martins

    Estou cansado de dizer que o militarismo tem que voltar e já. Naquele tempo trabalhavam ou não recebiam. São uns canalhas. Direitos e mais direitos e produção mesmo nada. Policia da Aeronáutica 643003037 – Martins

    Curtir

  2. José Oliveira Martins

    O O povo tem que “destruir/matar”caso necessário estes e estas crápulas. Não há Nação que e aguente tanta mordomia e cachorrada sem limites destes canalhas. Saudade de 64. Militarismo já. Simples assim.

    Curtir