Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sede do Google na Espanha é revistada por suspeita de sonegação

A empresa afirma que cumpre com a legislação fiscal e que está cooperando com a operação das autoridades do país

Auditores da Receita espanhola revistaram nesta quinta-feira a sede do Google em Madri para investigar uma suspeita de sonegação, de acordo com informações do jornal espanhol El Mundo.

O órgão que fiscaliza o pagamento de impostos no país tem indícios de que a empresa, cuja sede europeia fica na Irlanda, tem deixado de recolher tributos correspondentes ao serviço prestado por funcionários não residentes na Espanha, o que pode caracterizar evasão fiscal.

LEIA TAMBÉM
Google cria nova holding e muda estrutura de gestão

Em nota oficial, o Google afirma que cumpre estritamente com a legislação fiscal do país e que está cooperando com a investigação para esclarecer o caso.  Em maio, as autoridades francesas também revistaram os escritórios da sede de Paris pelo mesmo motivo.

Auditores da Agência Tributária fazem buscas em um dos escritórios do Google em Madri, na Espanha - 30/06/2016 Auditores da Agência Tributária fazem buscas em um dos escritórios do Google em Madri, na Espanha – 30/06/2016

Auditores da Agência Tributária fazem buscas em um dos escritórios do Google em Madri, na Espanha – 30/06/2016 (Andrea Comas/Reuters)

(Com AFP)