Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Facebook que se cuide: Alemanha declara guerra a notícias falsas

Berlim ameaça multar a rede de Mark Zuckerberg em 500 000 euros por post

Na Alemanha, a realização de eleições em setembro próximo e a crise dos refugiados contribuíram para alimentar a boataria virtual. Um dos pontos que estão balizando o debate político entre os candidatos é justamente o generoso acolhimento dos refugiados. Angela Merkel, a atual chanceler e candidata a um quarto mandato, teve uma política de portas abertas – e notícias falsas são usadas para atingir a líder alemã. No início do mês, um relato com a informação de que uma garota fora estuprada por um refugiado circulou maciçamente em perfis e páginas do Facebook na Alemanha. Mais tarde, descobriu-se que essa era mais uma notícia falsa. Como a história é apenas uma entre as inúmeras notícias falsas que circulam pelas redes sociais, o governo alemão decidiu tomar a dianteira no combate à disseminação dos boatos. Os parlamentares querem votar uma lei que impõe uma multa de 500.000 euros ao Facebook por publicação mentirosa que não for apagada da rede.

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Barreto De Almeida

    Ótima forma de impor a censura. Porque não investigar a fonte e punir os autores? O mundo, sob o domínio da esquerda, não pensa em outra coisa a não ser a DITADURA. Merkel, essa esquerdopata disfarçada de conservadora, fará de tudo para se manter no poder…

    Curtir

  2. Barrar mentiras é censura?

    Curtir

  3. Fazer uma lei específica, para multar uma empresa que nem agencia de notícias é ? . Isso cheira a perseguição. E quanto as agencias de notícias que mais desinformam do que informam ?. Isso pode ?

    Curtir

  4. Mauricio Reppetto

    Na matéria sobre o imenso iceberg: “Não é mais possível comentar nessa página.” Até tu Veja!!!! Sakamoto e a FSP fazendo escola…

    Curtir

  5. Concordo… O Facebook virou um amontoado de lixo virtual…

    Curtir

  6. Tio Do lanche

    Faz q nem eu.. Delete sua conta do Facebook e use esse tempo para viver e ser feliz…

    Curtir

  7. Antonio Pedro

    Gustavo, voce tem uma empresa e alguem usando uniforme da sua empresa mata ou rouba e é flagrado por camera apenas a imagem de sua empresa, ai eu ti pergunto, é justo voce responder pelos crimes cometido por alguem que usou sua empresa? Não é só questão de censura, é questão de liberdade, pois começa assim, primeiro as supostas falsas noticias, depois supostas ofensa e em seguida a censura completa regulada por quem? Ti dou um doce se vc adivinha que é pelo governo!

    Curtir

  8. Vanessa Pereira

    E o que são “notícias falsas PARA O ESTABLISHMENT”?? Tudo aquilo que seja CONTRÁRIO AO ESTABLISHMENT! E assim, o gado continua ruminando pacífico e feliz enquanto governos autoritários se instalam no mundo e a Sharia vai aos poucos comendo o mundo ocidental pelas beiradas.

    Curtir

  9. Eu concordo. O Facebook hoje só navegou no lucro com a rede social. Foram muitos direitos com poucos deveres.

    Curtir

  10. Certíssimo! Ao multar a fonte, eles desenvolverão meios de identificar o falsário, tipo quando você empresta seu carro e vai à JARI levar a cópia da CNH do verdadeiro infrator.

    Liberalidade é tão destrutivo quanto a censura.

    Curtir