Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atrasado, Spotify finalmente estreia no Brasil

Com catálogo de 30 milhões de músicas, serviço oferece modalidade gratuita e paga para ouvir músicas a partir da web

O serviço de música por streaming Spotify ganhou uma versão em português nesta quarta-feira, depois de meses de testes com usuários e alguns atrasos. Por meio do site oficial (https://www.spotify.com/br/) é possível optar pela versão paga do serviço, que custa 5,99 dólares ao mês, ou a versão gratuita – que inclui anúncios. O Spotify chega ao país com um catálogo de 30 milhões de músicas, o mesmo oferecido nos 56 países onde o serviço já está presente.

A empresa sueca é uma das últimas a entrar na disputa pelo mercado de streaming de música no Brasil, onde há alguns anos já estão presentes rivais como Deezer e Rdio. Por meio desses sites, o usuário pode escutar músicas a partir da nuvem, sem a necessidade de baixar os arquivos para o dispositivo.

O Spotify, além da versão web, também está disponível no formato de aplicativo para Windows, Mac OS X, iOS e Android. Na modalidade gratuita do serviço, o usuário poderá ouvir músicas de forma ilimitada, mas terá que ouvir anúncios – alguns longos e frequentes. Além disso, o plano gratuito restringe o usuário dos apps móveis às listas de músicas disponíveis ou aos álbuns dos artistas. Eles são reproduzidos de forma aleatória, sem a possibilidade de pular faixas. Além disso, é preciso estar conectado à internet para ouvir as músicas.

Ao adotar o plano Premium, que inclui um período de testes por 30 dias, o usuário do Spotify pode dispensar a publicidade e ganha o direito de baixar até 3.000 músicas para ouvir offline. Isso significa que o usuário pode economizar o plano de dados do celular para outras atividades, já que as músicas ficarão armazenadas na memória do aparelho.

O Spotify chega ao Brasil com preço mais baixo que o cobrado nos Estados Unidos pela modalidade Premium. Os americanos pagam 9,99 dólares para ter acesso ao serviço, enquanto o preço por aqui será de 5,99 dólares. O valor é o mesmo cobrado pelo Deezer e Rdio no Brasil, embora os rivais tenham planos pagos para ouvir músicas apenas por meio da web e não ofereçam opções gratuitas com exibição de publicidade.

Diferencial – Um dos destaques do Spotify é sua tecnologia de recomendação de músicas, que se baseia nas canções e listas do usuário. O resultado é similar à experiência de quem usa o serviço de vídeo sob demanda Netflix. O sistema também sugere listas de acordo com o horário do dia e tipo de atividade que o usuário está fazendo naquele momento. A localização também é um fator importante: ao se cadastrar no serviço, os brasileiros poderão encontrar listas com as músicas nacionais mais tocadas no serviço e uma seleção de boas-vindas.

Entre as músicas mais ouvidas pelos brasileiros que já usam o Spotify desde o período de testes, iniciado há alguns meses, estão Tô solto na night, de Gusttavo Lima, Maus bocados, de Cristiane Araújo, e Gaveta, da dupla sertaneja Fernando e Sorocaba.