Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Vacina: Ministério da Saúde divulga quantitativo de doses para cada estado

A distribuição de cerca de 6 milhões de doses da vacina fornecida pelo Instituto Butantan começa na segunda-feira, às 7h

Por Giulia Vidale Atualizado em 25 mar 2021, 18h24 - Publicado em 18 jan 2021, 00h09

O Ministério da Saúde divulgou neste domingo, 17, a quantidade de vacinas contra a Covid-19 que será distribuída para cada estados e o Distrito Federal para início da imunização contra a doença no país. As doses sairão do Departamento de Logística em Saúde (DLOG) em São Paulo, na segunda-feira, 18, às 7h, com destino aos pontos focais definidos pelos estados. A entrega será feita pela Força Aérea.

O estado com o maior quantitativo é São Paulo, com 1.357.040 doses, seguido de Minas Gerais (577.680) e Rio de Janeiro (488.320). “A logística de distribuição das vacinas será realizada por aviões e caminhões, compondo estes últimos uma frota de 100 veículos com áreas de carga refrigeradas, que até o final de janeiro aumentarão em mais 50. Toda frota possui sistema de rastreamento e bloqueio via satélite”, diz a pasta em comunicado. O Ministério ainda contará com o apoio da Associação Brasileira de Empresas Aéreas, por meio das companhias Azul, Gol, Latam e Voepass.

A pasta irá transportar as vacinas até os estados, que então deverão distribui-las aos municípios. O início da campanha nacional de imunização contra a Covid-19 está marcado para quarta-feira, 20, às 10h. Os grupos prioritários definidos pelo governo para esta etapa da vacinação incluem pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas, pessoas com deficiência institucionalizadas, população indígena vivendo em terras indígenas e 34% dos trabalhadores de saúde.

Em coletiva de imprensa realizada na tarde de domingo, 17, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que solicitou a inclusão de uma taxa de risco dentro da proposta de distribuição das doses. “Justamente para nós avaliarmos e podermos ter flexibilidade em cima daquele local que está com maior risco. Para que o estado que tivesse mais risco pudesse ter algo mais de entregas e o que tivesse com menos risco pudesse ter a quantidade necessária para iniciar o trabalho. Isso é variável e pode ir mudando conforme vai mudando o risco de cada cidade.”, explicou o ministro.

Confira abaixo a quantidade de doses da CoronaVac destinada pelo Ministério da Saúde por região e por estado. O quantitativo já prevê a aplicação de duas doses e possíveis perdas técnicas.

Norte: 708.440 doses

Rondônia: 49.400

Acre: 40.760

Amazonas: 282.320

Roraima: 87.720

Pará: 173.240

Amapá: 31.000

Tocantins: 44.000

Nordeste: 1.436.160

Maranhão: 164.240

Piauí: 61.200

Ceará: 229.200

Rio Grande do Norte: 82.440

Continua após a publicidade

Paraíba: 114.880

Pernambuco: 270.960

Alagoas: 87.760

Sergipe: 48.880

Bahia: 376.600

Sudeste: 2.524.360

Minas Gerais: 577.680

Espírito Santo: 101.320

Rio de Janeiro: 488.320

São Paulo: 1.357.040

Sul: 751.440

Paraná: 265.600

Santa Catarina: 144.040

Rio Grande do Sul: 341.800

Centro-Oeste: 574.160

Mato Grosso do Sul: 158.760

Mato Grosso: 126.160

Goiás: 183.080

Distrito Federal: 106.160

Continua após a publicidade
Publicidade