Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Sementes germinadas causaram contaminação por E. coli

Governo alemão cancelou alerta sobre consumo de tomate, alface e pepino

Por Da Redação 10 jun 2011, 07h11

A Alemanha anunciou nesta sexta-feira que brotos de soja e de legumes foram os responsáveis pela contaminação com a bactéria E. coli que já matou 30 pessoas e deixou outras 3.000 doentes.

De acordo com o Instituto Federal de Avaliação de Riscos, os vegetais contaminados são provenientes de plantações orgânicas na cidade de Bienenbüttel, na região norte do país. “São as sementes”, declarou Reinhard Burger, diretor do Instituto Robert Koch, responsável por realizar as pesquisas. Não à toa, a maior parte das pessoas contaminadas vive numa área próxima dessas plantações, caso de Hamburgo.

“As pessoas que ingeriram os brotos desses vegetais foram expostas a riscos de até nove vezes maiores de terem uma diarreia sangrenta”, afirmou Burger.

Com a descoberta, o governo alemão já retirou o alerta sobre o consumo de vegetais como tomates, pepinos e alface.

“Pior já passou” – Na quinta-feira, o governo alemão informou que o número de novos casos de infecção pela cepa fatal da bactéria E. coli caiu consideravelmente nos últimos dias. Segundo o ministro da Saúde do país, Daniel Bahr, o pior do surto “já passou”.

O comissário de Saúde da União Europeia (UE), John Dalli, pediu uma melhora da coordenação das diversas instituições envolvidas na luta contra o problema. Dalli, porém, chegou a elogiar a gestão da crise por parte das autoridades alemãs, com base nas impressões de vários especialistas da UE que se deslocaram ao país para se informar sobre a situação.

Continua após a publicidade
Publicidade