Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Depressão e diabetes são fatores de risco para demência, diz estudo

De acordo com pesquisa, a depressão eleva o risco de demência em 83%, o diabetes tipo 2 em 20% e as duas condições juntas em 117%

Pessoas com depressão ou diabetes tipo 2 têm maior probabilidade de desenvolver demência do que indivíduos sem essas condições. O risco é ainda mais elevado se a pessoa sofrer de depressão e diabetes ao mesmo tempo. A revelação é de um estudo publicado online nesta quarta-feira no periódico Jama Psychiatry.

Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, examinaram os dados de mais de 2,2 milhões de dinamarqueses com mais de 50 anos e sem diagnóstico de demência, entre 2007 e 2013. Deles, 19,4% tinham diagnóstico de depressão, 9,1% de diabetes tipo 2 e 3,9% das duas condições. Ao longo do estudo, 2,4% dos indivíduos desenvolveram demência, em média aos 81 anos. Deles, 26,4% tinham depressão, 10,8% diabetes tipo 2 e 6,7% as duas condições.

Leia também:

Estudo surpreendente revela que obesidade protege contra demência

Novo remédio ajuda a barrar a progressão do Alzheimer

A análise dos dados revela que a depressão eleva o risco de demência em 83%, o diabetes tipo 2 em 20% e as duas condições juntas em 117%. Para os autores do estudo, mais pesquisas são necessárias para descobrir os mecanismos que relacionam a demência, o diabetes tipo 2 e a depressão.

Em um comentário associado à pesquisa, Charles Reynolds III, do Centro Médico da Universidade de Pittsburgh, escreveu que “o estudo ilustra a necessidade de convergir as descobertas científicas com o desafio de promover envelhecimento cerebral saudável e aptidão cognitiva nos últimos anos de vida”.

(Da redação)