Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Blogueira dá dicas sobre como fazer sexo tendo bolsa de colostomia

Em suas publicações, a jovem dá dicas para quem enfrenta o mesmo problema e aborda temas sensíveis de maneira leve e bem humorada

Por Da Redação Atualizado em 20 jun 2018, 16h57 - Publicado em 20 jun 2018, 15h49

Uma blogueira britânica vem fazendo sucesso nas redes sociais ao falar de como é fazer sexo tendo uma bolsa de colostomia ligada ao corpo. Hannah Witton começou suas atividades na internet em 2011, falando sobre sexo, relacionamentos e os dilemas enfrentado pelos millennials (pessoas que nasceram entre 1980 e a metade dos anos 1990). De acordo com informações da rede britância BBC, as publicações de Hannah passaram por algumas mudanças depois que ela foi diagnosticada com colite ulcerativa – doença inflamatória intestinal que provoca crises persistentes de diarreia.

Por causa da doença, Hannah precisou se submeter a uma cirurgia emergencial para retirar parte do cólon, em janeiro deste ano. Desde então, a jovem dedica grande parte do conteúdo de seu blog e das postagens em redes sociais a temas relacionados a problemas inflamatórias do intestino, além de buscar orientar pessoas que precisam conviver com doenças crônicas.

  • O cólon é a parte central do intestino grosso, responsável pela absorção de água e armazenamento de fezes. Após retirada, essa parte precisou ser substituída por uma bolsa externa que foi acoplada ao corpo da jovem por meio de uma cirurgia de estoma. Agora, Hannah tem um orifício artificial permanente aberto na parede do abdômen para que as fezes sejam liberadas. “É um saco de cocô”, disse ela ao definir a bolsa de coleta, que batizou de “Mona”. Como o “acessório” precisa ser utilizada todo o tempo, a blogueira decidiu incluir em seu conteúdo dicas de sexo para quem precisa conviver com problemas semelhantes.

    Falando sobre sexo

    Hannah retornou a temáticas relacionadas a sexo apenas cinco semanas após a cirurgia, comentando sobre os desafios que enfrenta. Em uma publicação intitulada “O sexo espontâneo é coisa do passado”, ela conta que antes de cada relação é preciso esvaziar a bolsa. Apesar de a imagem ser pouco atrativa, a blogueira compara com outras atitudes comuns realizadas antes do sexo, como tomar banho, escovar os dentes ou fazer xixi, antes do sexo.

    A jovem revela que, durante o ato, “Mona” costuma se mover de um lado para outro, se tornando uma “distração”. Para superar o inconveniente, ela recomenda a utilização de bolsas menores, cintas ou algum outro tipo de proteção que mantenha a bolsa no lugar. “Quando se trata de sexo e intimidade, se você tem um estoma, não é apenas da cirurgia que você tem que se recuperar. Há coisas práticas em que você nunca teria de ter pensado antes”, escreveu no post.

  • Outro desafio é o odor, que pode se tornar “uma barreira mental” no momento do sexo oral, especialmente porque a bolsa acaba ficando no rosto do parceiro. O conselho de Hannah é adotar acessórios que mantenham a bolsa ‘longe’ do local. O uso de gotas aromáticas para disfarçar os odores também pode ajudar.

    Em um vídeo publicado em seu blog no mês passado, Hannah revelou que a retomada da vida sexual era uma das suas preocupações após a cirurgia. Ela revelou que tinha receio sobre os movimentos durante a prática sexual, porque se sentia fraca e incapaz de realizar algumas coisas. Para superar esses problemas, ela recomenda uma comunicação aberta com o parceiro, item fundamental para superar as dificuldades. “Na intimidade, a linguagem é sua melhor ferramenta”, afirma a jovem.

    Continua após a publicidade
    Publicidade