Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Adolescentes veem pais como modelo para vida sexual

Estudo mostrou que a família influencia mais que os amigos e celebridades

Os pais são os grandes responsáveis pelos rumos que os filhos vão tomar em suas vidas sexuais, segundo um estudo divulgado nesta quarta-feira pela Universidade de Montreal, no Canadá. De acordo com os resultados da pesquisa nacional, 45% dos adolescentes consideram seus pais como principal modelo de sua sexualidade. Os amigos apareceram em segundo lugar, com 32%. Apenas 15% inspiraram-se nas celebridades.

A pesquisa revelou que os adolescentes que se dizem influenciados por seus pais vivem em familias em que a sexualidade é discutida abertamente. Além disso, os pais desses adolescentes têm mais consciência dos riscos e consequências de doenças sexualmente transmissíveis.

Apesar dos resultados, 78% das mães que participaram da pesquisa acreditam que seus filhos são influenciados pelo comportamento sexual dos amigos. Elas também afirmam que a falta de envolvimento e de comunicação com a família é extremamente prejucial aos jovens. “Os pais parecem subestimar seu papel nessa discussão e o impacto que isso pode ter”, disse Jean-Yves Frappier, autor do estudo e membro do centro da pesquisa do Hospital Sainte-Justine. “Profissionais de saúde e os veículos de comunicação têm uma grande responsabilidade em estimular que os pais aumentem a comunicação com seus filhos no que diz respeito a questões de saúde sexual”, completou Frappier.

Para a pesquisa, foram entrevistados 1.171 jovens com idades entre 14 e 17 anos e 1.139 mães de adolescentes. O questionário tocou em temas como informações sobre sexualidade e comunicação com a família sobre a saúde sexual. Os resultados do estudo serão apresentados na Conferência Anual da Sociedade Canadense de Pediatria, no dia 18 de junho.

Abaixo, o médico hebiatra (especialista em adolescentes) Maurício de Souza Lima explica como abordar o tema sexualidade com os filhos: