Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

5 motivos para comer chocolate amargo na páscoa (e no ano todo)

Estudos e especialistas afirmam que o alimento com maior concentração de cacau pode trazer diversos benefícios à saúde

Por Simone Blanes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 13 jul 2022, 17h45 - Publicado em 14 abr 2022, 12h36

Paixão mundial que vem desde os tempos antigos – os maias, por exemplo, consideravam o “Alimento dos Deuses” – o chocolate amargo pode trazer benefícios para a saúde. Isso porque, quanto maior o percentual de cacau no chocolate, mais saudável ele é. Os malefícios são causados pela adição de gordura e açúcar. Uma revisão recente publicada no final de 2019 no International Journal of Environmental Research and Public Health enumera oito benefícios dos chocolates mais amargos. “O cacau, ingrediente básico do chocolate, contém uma quantidade significativa de gorduras boas (40%-50% em manteiga de cacau, com aproximadamente 33% de ácido oleico, 25% de ácido palmítico e 33% de ácido esteárico) e polifenóis, substâncias responsáveis por benefícios relacionados às ações anti-inflamatória, antioxidante e vasculotônica”, afirma Marcella Garcez, médica nutróloga e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

5 motivos relacionados à saúde para consumir o chocolate amargo:

Efeitos cardiovasculares – Uma série de benefícios para o sistema cardiovascular pode ocorrer após a ingestão regular de alimentos e bebidas que contenham cacau. “Os chocolates com maior concentração de cacau têm ação vasodilatadora, melhoram a função vascular e contam com atividades antiplaquetárias, prevenindo a formação de placa de gordura dentro das artérias”, explica a cirurgiã vascular Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV). “Esses benefícios têm forte relação com a presença dos flavonoides, que são anti-inflamatórios e antioxidantes. Em adultos jovens e saudáveis, uma ingestão diária de 20g de chocolate de cacau mais alto (90%) por um período de 30 dias pode melhorar a função vascular”, afirma Marcella.

Antidiabético e contra a obesidade – Os componentes do cacau oferecem importante ação como agentes antidiabéticos, especialmente contra a diabetes mellitus tipo 2 (T2D). “O cacau e seus flavonoides melhoram a homeostase da glicose, retardando a digestão e absorção de carboidratos no intestino e a sensibilidade à insulina”, afirma a médica nutróloga. Também pode ter efeitos preventivos contra a obesidade e a síndrome metabólica, porque aumenta a expressão de genes associados à termogênese e produz uma resposta de saciedade.

Sistema imunológico e prevenção de anemia  – O cacau possui propriedades regulatórias nas células imunes implicadas na imunidade inata e adquirida. “Os efeitos positivos dos flavonoides de cacau no sistema imunológico, por vários mecanismos, são conhecidos como a redução da liberação de mediadores, a restauração do equilíbrio das células e a regulação negativa de produção de imunoglobulinas”, diz a médica. Rico em ferro, o cacau também pode ajudar a prevenir a anemia. “O ferro é essencial para a formação da hemoglobina, que é um componente das hemácias responsável pelo transporte de oxigênio para o organismo e que normalmente está em menores quantidades em caso de anemia.”

Continua após a publicidade

Efeito anti-idade na pele – De acordo com o dermatologista Daniel Cassiano, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o chocolate amargo não causa espinhas, ao contrário do que muitos acreditam. “O contexto alimentar do paciente é mais importante para definir se a alimentação terá uma influência positiva ou negativa na sua pele, com aparecimento de inflamações ou aceleração do envelhecimento. Mas sabemos que, devido à alta concentração de cacau em sua fórmula, o chocolate amargo — desde que ingerido sem excessos — pode ser, na verdade, um aliado da saúde da pele, pois contém propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias”, explica.

Estímulo à felicidade – Segundo estudos, a ingestão de chocolate está ligada a aspectos emocionais, já que aumenta a síntese cerebral de serotonina, conhecido como hormônio da felicidade, e que produz uma sensação de energia e prazer. “Há muito mais entre o chocolate e a serotonina do que sonha a nossa vã filosofia”, diz Livia Ciacci, neurocientista do SUPERA – Ginástica para o cérebro. “Ingerir uma quantidade ideal de triptofano vai manter os níveis de serotonina equilibrados – garantindo um sono de qualidade, a sensação de bem-estar e bom humor”.

Mesmo optando pelo chocolate amargo, porém, é importante tomar cuidado com o consumo excessivo – independentemente da concentração de cacau, o chocolate ainda tem açúcar e gorduras saturadas – e controlar a ingestão diária. Para obter os benefícios, o ideal é consumir entre 25g e 50g de chocolate ao dia, dando preferência às opções com maior concentração de cacau, como os chocolates mais amargos. “No geral, o chocolate possui baixo índice glicêmico e, se tiver mais de 65% de cacau, é um alimento que possui muitas funcionalidades e benefícios à saúde”, finaliza Marcella.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.