Clique e assine a partir de 9,90/mês

Leitor: Coronavírus, Regina Duarte e Damares Alves

Os assuntos mais comentados da semana

Por Da Redação - Atualizado em 20 mar 2020, 09h06 - Publicado em 20 mar 2020, 06h00

Assuntos mais comentados 

– Reportagem de capa (o coronavírus e a economia)
– Regina Duarte
– Damares Alves (Páginas Amarelas)
– Página Aberta (Kátia Abreu, sobre autoescolas)


PAULO GUEDES E O VÍRUS

Paulo Guedes está correto em sua maneira de pensar (“A marcha da sensatez”, 18 de março).
Armando Mendes dos Santos
São Paulo, SP (via Instagram)

Reforma é feita a longo prazo. Queremos efetividade a curto prazo. A reforma, a rigor, interessa apenas ao público de Guedes — que, definitivamente, não é o nosso, a plebe.
Maria Figueiredo
Rio de Janeiro, RJ (via Facebook)

Reformas não fazem mágica.
Gil Lopes
Linhares, ES (via Facebook)

Reformas? Com este Congresso?
Augusto Trigueiro
São Paulo, SP (via Instagram)

Dinheiro não compra saúde nem faz a vacina sair tão rápido.
Melissa Oliveira
Fortaleza, CE (via Instagram)


REGINA DUARTE

Quando surgiu o nome de Regina Duarte para a Secretaria da Cultura, um leitor de VEJA, com vezo profético, vaticinou que “pertencer à área da cultura não seria credencial suficiente em tal cargo”. Ao balançar o barco, na tentativa de remover o entulho encalhado na pasta, o alerta soa evidente (“Casamento em crise”, 18 de março). Mais do que fazer cara feia, apertando os lábios, é preciso muita malícia para enfrentar os tubarões famintos.
Elizio Nilo Caliman
Brasília, DF

Regina é apenas um troféu nas mãos de Bolsonaro. Daqueles colocados em uma estante e que só de vez em quando são lustrados. Bolsonaro, ao olhar para a atriz, deve pensar: “Tomei a namoradinha do Brasil da Rede Globo”.
Leila Lemos
Rio de Janeiro, RJ (via Facebook)


AUTOESCOLA

Continua após a publicidade

Excelente a iniciativa da senadora Kátia Abreu e de VEJA. Devemos dizer não a qualquer tipo de reserva de mercado, como a das carteiras de habilitação para dirigir (“Autoescola nunca mais”, Página Aberta, 18 de março). Existem ainda outras reservas de mercado inacreditáveis no Brasil, como a dos práticos, frentistas e cartórios. Recentemente quebramos um cartel muito forte no país: o dos taxistas, com a chegada dos aplicativos de transporte, que gerou mais empregos e mais distribuição de renda.
Ana Esther Freire
Belo Horizonte, MG

Fazia tempo que eu não via uma proposta tão pertinente e que há anos tem passado despercebida dos políticos, e de nós também. Kátia Abreu chamou a obrigatoriedade de fazer autoescola, muito educadamente, de “corporativismo”. Chegou a hora de enfrentá-la. Que seja opcional, frequenta quem quiser.
Mônica Delfraro David
Campinas, SP

Em 1963, fui ao DET (era esse o nome do departamento em São Paulo, hoje Detran). Fiz os exames e tirei a carteira de motorista profissional sem nunca ter pisado em uma autoescola. Já se dizia na época (e vale até agora): “Autoescola não ensina a dirigir. Ela só ensina a tirar a carteira de motorista”, o que não é a mesma coisa.
Antonio Sydney Cocco
Santos, SP


OS WINDSOR –  Harry e a princesa: agora rebaixados no ranking dos royals Phil Harris/AFP

“A Meghan parece estar com sorriso de deboche, como se batesse palmas por dentro.” (“A família da cara amarrada”, Imagem da Semana, 18 de março)
Luciana Gonçalves
Rio de Janeiro, RJ (via Instagram)


DAMARES ALVES

Ministra, vá em frente. A senhora tem o apoio das mulheres brasileiras, independentemente de movimentos ou partidos. Queremos justiça contra abusos (“Virei a ministra pop”, Páginas Amarelas, 18 de março).
Cássia Resende
São Paulo, SP (via Instagram)

Achei que não chegaria o dia em que concordaria com a ministra Damares Alves. Esse dia chegou.
Bianca Carvalho
Picos, PI (via Instagram)

Não gosto da ministra nem aprovo o governo ao qual ela serve. Mas admiro muito a coragem dessa mulher.
Talita Lima
Camocim, CE (via Instagram)


CÉREBRO

A ciência é meu Deus (“Música para o cérebro”, 18 de março).
Carlos Lukos
São Paulo, SP (via Instagram)


RONALDINHO GAÚCHO

Ronaldinho sempre se deixando levar pela ganância do irmão Assis (“Impedido no Paraguai”, 18 de março).
Marcio Kindlmann Alves
Porto Alegre, RS (via Instagram)

Parabéns às autoridades paraguaias. Aprende, Brasil.
Marcelo Zetta
São Paulo, SP (via Instagram)


FERNANDO DE NORONHA

Continua após a publicidade

Por que os cruzeiros são ameaça a Fernando de Noronha (“Uma ilha cercada por todos os lados”, 18 de março)? Existem cruzeiros para as ilhas gregas, Polinésia, Galápagos etc.
Newton Pereira
São Paulo, SP (via Instagram)

Estão querendo acabar com o paraíso de Fernando de Noronha só para embolsar dinheiro.
Claudia Rosanova
São Paulo, SP (via Instagram)


ANTÁRTICA

Adorei saber que a Antártica não tem dono (“O inesgotável arsenal científico da Antártica”, minidocumentário no site de VEJA).
Stela Regis
Belo Horizonte, MG (via Instagram)

Correção
Ao contrário do que afirma a reportagem “Pátria conservadora”, de 18 de março, o ministro da Justiça, Sergio Moro, não fez nenhum comentário a respeito das manifestações de 15 de março.

Publicado em VEJA de 25 de março de 2020, edição nº 2679

Publicidade