Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Tem o meu desprezo’, diz Alcolumbre sobre tuíte de Carlos Bolsonaro

Vereador filho do presidente publicou que ‘por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos’

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), reagiu ao comentário do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, sobre a democracia no País. O vereador publicou uma mensagem no Twitter na noite de segunda-feira 9 dizendo que “a transformação que o Brasil quer” não acontecerá na velocidade almejada por “vias democráticas”.

“Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos… e se isso acontecer. Só vejo todo dia a roda girando em torno do próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!”, escreveu o vereador. A publicação gerou repúdio de vários políticos, inclusive da direção do PSC, partido ao qual o filho do presidente é filiado.

Alcolumbre afirmou que a democracia está fortalecida no Brasil e manifestou “desprezo” por comentários no sentido contrário. “No Senado, o Parlamento brasileiro, a democracia está fortalecida, as instituições estão todas pujantes, trabalhando a favor do Brasil. Então, uma manifestação ou outra em relação a esse enfraquecimento tem da minha parte o meu desprezo”, disse.

Porta-voz

Já o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, disse que “o que é tuitado nas redes sociais pessoais é de responsabilidade de quem o fez”. “Nosso foco é a recuperação do presidente”, acrescentou, durante coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira, 10. Barros afirmou não saber se o presidente Bolsonaro tomou conhecimento do tuíte ou se comentou sobre o assunto. “Acredito que o vereador tenha conversado sim com o presidente da República”, disse.

Ainda segundo o porta-voz, Carlos Bolsonaro, assim como a primeira-dama Michelle Bolsonaro, estão como acompanhantes do presidente no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde Bolsonaro se recupera de uma cirurgia realizada no domingo para correção de uma hérnia incisional.

“O velho passa bem, tomou uma ducha agora pouco e a recuperação vai muito bem após mais uma cirurgia em virtude de tentativa de assassinato por ex-membro do PSOL”, escreveu Carlos há pouco no Twitter, em referência a Adélio Bispo de Oliveira, o homem que esfaqueou o presidente há um ano.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    Claro que Alcolumbre não iria reconhecer que ele mesmo é um dos que são alvo da fala de Carlos. Os corruptos dos três poderes. Que ameaça senadores para o fim da lava toga.

    Curtir