Clique e assine com até 92% de desconto

Quadro clínico de Alberto Youssef é estável, diz boletim médico

Doleiro está internado em um hospital de Curitiba (PR) desde a tarde do último sábado após passar mal na carceragem da Polícia Federal, mantém quadro clínico e cardiológico estáveis

Por Da Redação 28 out 2014, 12h38

O doleiro Alberto Youssef, internado em um hospital de Curitiba (PR) desde a tarde do último sábado após passar mal na carceragem da Polícia Federal, mantém quadro clínico e cardiológico estáveis, conforme avaliação médica feita na manhã desta terça-feira.

Leia também:

Youssef está lúcido e recebe visita das filhas, diz hospital

Segundo boletim médico divulgado há pouco pelo cardiologista Rubens Zenobio Darwinch, o doleiro apresenta-se lúcido e orientado, com sinais vitais dentro da normalidade. Ainda de acordo com o laudo médico, os exames ao qual Youssef foi submetido tiveram resultado “dentro da normalidade” e ele segue fazendo fisioterapia e reposição de nutrientes, sem previsão de alta.

Preso pela Polícia Federal (PF) durante a Operação Lava Jato, Alberto Youssef deu entrada na UTI Coronariana do Hospital Santa Cruz às 16h20, no sábado, em função de um episódio de síncope (perda rápida da consciência), mas apresentava um quadro clínico estável com “sinais de desidratação e emagrecimento importante”.

Foi a terceira vez que o doleiro precisou de atendimento médico desde que foi preso pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF), em março. Ainda no sábado, a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba negou boatos de que ele poderia ter sido envenenado.

Reportagem de capa de VEJA desta semana revelou que Youssef afirmou em depoimento à Polícia Federal que a presidente Dilma Rousseff e seu antecessor no cargo, Luiz Inácio Lula da Silva, sabiam do esquema de desvios operado na Petrobras.

(Com agência Brasil)

Continua após a publicidade
Publicidade