Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

O plano de Arruda e Paulo Octávio para o DF

Políticos históricos de Brasília, ambos articulam sigilosamente chapa para disputar governo local

Por Letícia Casado
Atualizado em 23 jun 2022, 18h41 - Publicado em 23 jun 2022, 18h41
  • Seguir materia Seguindo materia
  • O ex-governador José Roberto Arruda (PL) conta com uma decisão judicial, segundo aliados, iminente, para derrubar suas últimas condenações judiciais para voltar a se tornar elegível e, por consequência, se qualificar para disputar cargos eletivos. De acordo com interlocutores, a estratégia está sendo desenhada com apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL), de quem Arruda se aproximou e virou conselheiro, e do empresário Paulo Octávio (PSD), que também pretende voltar à cena política.

    Publicidade

    O objetivo de Arruda é disputar o governo do Distrito Federal contra o atual mandatário, Ibaneis Rocha (MDB). Neste caso, Paulo Octávio sairia como candidato ao Senado, cargo que ocupou entre 2003 e 2006. Por este raciocínio, a ex-ministra Flávia Arruda (PL) tentaria a reeleição para a Câmara dos Deputados.

    Publicidade

    Embora liminares de quaisquer tribunais tenham o mesmo efeito prático, a ideia é tentar uma decisão provisória junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), última instância antes do Supremo Tribunal Federal (STF), para, ao concorrer ainda sub judice, “dificultar” que adversários políticos revertam o recurso com facilidade. Ainda assim, se o “plano STJ” não vingar, o foco das atenções da virtual campanha de Arruda será disputar uma cadeira como deputado federal com uma liminar pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Neste caso, Paulo Octávio disputaria o governo e Flávia, o Senado. O empresário também é próximo de Bolsonaro.

    Paulo Octávio foi deputado em dois mandatos (1991 e 1999). Assumiu uma vaga no Senado em 2003 e se licenciou em 2007 para assumir como vice-governador de José Roberto Arruda. Em 2012, Arruda foi preso e afastado do cargo, e o empresário assumiu o governo. Ambos foram acusados de envolvimento no escândalo do Mensalão do DEM. O empresário renunciou pouco depois e chegou a ser preso durante alguns dias em 2014.

    Publicidade
    Continua após a publicidade

    Senado – Ao analisar o cenário eleitoral em Brasília, aliados de Arruda afirmam ainda que a entrada da ex-ministra Damares Alves (Republicanos) na disputa por um cargo no DF vai provocar uma situação inusual porque ela deve compor a chapa de Ibaneis. Em clima de campanha, Damares participou nesta semana de evento com o governador. Amiga da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, a ex-ministra gostaria, de fato, de ser convidada para ocupar a vaga de vice do presidente na chapa pela reeleição. 

    Em 2018 o DF registrou 2,08 milhões de pessoas aptas a votar, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) —o equivalente a 1,41% dos mais de 147,3 milhões de eleitores do país. Bolsonaro obteve 70% dos votos válidos no segundo turno.

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

    Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

    O Brasil está mudando. O tempo todo.

    Acompanhe por VEJA.

    MELHOR
    OFERTA

    Digital Completo
    Digital Completo

    Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

    a partir de R$ 2,00/semana*

    ou
    Impressa + Digital
    Impressa + Digital

    Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

    a partir de R$ 39,90/mês

    *Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
    *Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

    PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
    Fechar

    Não vá embora sem ler essa matéria!
    Assista um anúncio e leia grátis
    CLIQUE AQUI.