Clique e assine a partir de 8,90/mês

O plano B do general Mourão

Levy Fidelix afirma que vice-presidente pode concorrer até para presidente da República: "Ele é o nosso Pelé"

Por Nonato Viegas - Atualizado em 27 set 2020, 11h20 - Publicado em 27 set 2020, 17h00

Jair Bolsonaro já sinalizou que pensa em ter outro companheiro de chapa nas eleições de 2022. Fazendo ouvidos de mouco, o vice-presidente Hamilton Mourão se diz “precipitadamente pronto” para concorrer na mesma função, conforme mostrou uma reportagem de VEJA no início de agosto. O general, porém, tem um plano B.  Nas últimas semanas,  ele gravou vídeos e tirou fotos para cerca de 300 candidatos a prefeito, que viajaram até Brasília em busca de uma imagem ao lado do vice-presidente. “Ele pode ser senador, vice ou, quem sabe, disputar o Planalto”, diz Levy Fidelix, presidente do PRTB, o partido do general.

Fidelix acredita que a visibilidade das eleições municipais e a imagem de Mourão dêem musculatura à legenda, permitindo ao PRTB competitividade até para uma eventual disputa presidencial. O dirigente, que concorreu para presidente nas eleições de 2010 e 2014, diz que abriria mão da disputa caso o atual vice-presidente desejasse concorrer. “É uma decisão pessoal dele. Ele é o nosso Pelé. Se quiser jogar, joga para atuar na posição que quiser dentro de campo”, afirma, ponderou. “Queremos estar preparado para oferecer a ele toda estrutura”, diz.

 

Publicidade