Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Maioria dos brasileiros quer Lula preso, diz pesquisa

Levantamento do Instituto Datafolha aponta que 53% acham que ex-presidente deveria ser detido

Por Redação
Atualizado em 1 fev 2018, 08h50 - Publicado em 1 fev 2018, 07h24

Pesquisa feita pelo Instituto Datafolha mostra que 53% dos brasileiros acham que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deveria ser preso, contra 44% que apoiam o contrário. Outros 3% afirmam não saber. Os dados foram publicados hoje pelo jornal Folha de S.Paulo.

O levantamento foi feito entre os dias 29 e 30 de janeiro, poucos dias após o petista ter confirmada a sua condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP) pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no dia 24.

Mesmo assim, o porcentual dos que acham que Lula deveria ser detido oscilou 1% para baixo em comparação a setembro de 2017. O número dos que acreditam que o ex-presidente não deveria ser preso subiu 4%. As variações estão dentro da margem de erro de 2% para mais ou para menos.

O Datafolha também aponta que para 51% dos entrevistados Lula não deveria poder disputar as eleições. Os que acham que o petista deveria participar do pleito marcam 47%, um empate técnico.

Continua após a publicidade

Com a decisão do TRF4, Lula estaria enquadrado na Lei da Ficha Limpa, o que impediria a sua candidatura presidencial.

De acordo com a pesquisa, 42% afirmam ter conhecimento e estar mais ou menos informado sobre o julgamento do petista. Outros 24% dizem ter conhecimento e estar bem informado sobre o caso.

Para o levantamento, foram entrevistadas 2.826 pessoas em 174 municípios.

Lula deveria ser preso?

Em fevereiro de 2018
Sim: 53%
Não: 44%
Não sabe: 3%

Continua após a publicidade

Em setembro de 2017
Sim: 54%
Não: 40%
Não sabe: 5%

Lula deveria poder disputar a eleição?
Não: 51%
Sim: 47%
Não sabe: 2%

Conhecimento sobre o julgamento do Lula

Tem conhecimento e está mais ou menos informado: 42%
Tem conhecimento e está bem informado: 24%
Tem conhecimento e está mal informado: 9%
Não tomou conhecimento: 24%

Liderança isolada

A primeira parte dos resultados da pesquisa, divulgada na madrugada de quarta-feira, mostra que o ex-presidente Lula manteve a liderança isolada para a disputa da Presidência da República em todos os cenários nos quais é incluído, com índices que variam entre 34% e 37% das intenções de voto. Na sequência, aparece em segundo o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que deve ser candidato pelo nanico PSL, que tem entre 16% e 18% quando o nome de Lula é apresentado.

Continua após a publicidade

Nas simulações que consideram o ex-presidente fora da disputa, Bolsonaro lidera isolado, indo de 18% a 20%. O segundo lugar neste cenário ficaria embolado entre ao menos quatro nomes: a ex-senadora Marina Silva (Rede), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e o apresentador Luciano Huck, que não é filiado a nenhum partido e nega publicamente a hipótese de se candidatar ao cargo.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.