Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Haddad inaugura ciclovia sob o Minhocão com protestos de motoristas e moradores

Grupo pediu que o elevado seja demolido para reduzir a poluição e o barulho em suas residências

A ciclovia de 4,1 quilômetros construída sob o Elevado Costa e Silva, o Minhocão, no centro de São Paulo, foi inaugurada neste domingo (9) pelo prefeito Fernando Haddad (PT). O evento teve festa de ciclistas e protestos de motoristas de carros e de moradores que defendem o desmonte do elevado. O grupo segurou cartazes e faixas pedindo o fim do Minhocão como alternativa para reduzir a poluição e o barulho do trânsito em suas residências. Os manifestantes entregaram ao prefeito uma carta em que pediam que Haddad tivesse “compaixão dos mais de 230 moradores-eleitores que há décadas são agredidos em sua saúde.”

Leia mais:

Ciclovia do Minhocão põe pedestre em risco

Por ciclovia, Haddad retira os sem-teto do Minhocão

Vídeo: homem tira carro parado em ciclovia

Fernando Haddad chegou de carro para a inauguração da ciclovia, acompanhado de seu filho Frederico Haddad, por ocasião do Dia dos Pais. Ao lado dos ciclistas que o aguardavam na Rua Amaral Gurgel, ele pedalou por cerca de 2 quilômetros até um estacionamento de food trucks, ao lado do Estação do Metrô Marechal Deodoro, onde comeu hambúrguer e tirou fotos com várias pessoas. A ciclovia, construída em sua maior parte no canteiro central da Rua Amaral Gurgel, liga a Praça Roosevelt, no centro, ao Terminal Rodoviário Barra Funda, na zona oeste.

Enquanto o prefeito falava com repórteres, dois motoristas passaram pelo local xingando-o, ao que os participantes do evento reagiram com vaias.”Às vezes, é por encomenda que se faz isso. Não vamos dar bola para uma minoria que não tem democracia”, afirmou Haddad. Ele acrescentou que há outras questões que o preocupam mais do que episódios como aquele.

(com Estadão Conteúdo)