Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

É só o começo: demissão de Geddel não põe fim a problemas de Temer

A delação da Odebrecht e denúncias de tráfico de influência prometem novas turbulências para o governo

A queda do ministro Geddel Vieira Lima foi a quinta de um titular da Esplanada de Michel Temer em seis meses de mandato — uma média de uma a cada quarenta dias. Mas a demissão de Geddel, que usou todo o peso de seu cargo para tentar liberar a construção de um prédio no qual tinha comprado um apartamento, está longe de representar o fim dos problemas do governo. A delação da Odebrecht e denúncias de tráfico de influência prometem novas turbulências para o governo Temer, como mostra a reportagem de capa de VEJA desta semana.

Compre a edição desta semana de VEJA no iOSAndroid ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no iba clube.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. E’ mais fácil achar virgens nos bordeis que ministros honestos em Brasília.

    Curtir

  2. Não para resolver, TEMER, que afastar Moreira Franco e Padilha. A população brasileira honesta clama por essa medida do presidente!

    Curtir

  3. Aloisio Barros

    E a Veja continua jogando gasolina no incêndio. Que saco! Deixem o Temer governar e vamos preparar para eleições em 2018.

    Curtir

  4. Chega!Também já aderi ao fora Temer.Rua!

    Curtir