Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Curitiba chega à eleição com tropeço de líder e PT isolado

Rafael Greca (PMN) caiu 10 pontos na última pesquisa Ibope. Bom para o prefeito Gustavo Fruet, que tenta a reeleição

Por Nicole Fusco Atualizado em 2 out 2016, 08h21 - Publicado em 2 out 2016, 07h20

Líder das pesquisas em Curitiba, o candidato Rafael Greca (PMN) vai descobrir neste domingo o impacto que suas falas desastrosas causaram em sua candidatura. Apenas uma pesquisa eleitoral foi divulgada após as declarações de Greca: o Ibope de ontem mostra que ele caiu dez pontos porcentuais – dos 45% das intenções de voto para 35%. O ex-ministro do Turismo declarou, no último dia 23, que vomitou por causa de “cheiro de pobre”.

Leia mais:
Secretário municipal de Curitiba vai à Justiça contra Greca

O segundo lugar está com o candidato à reeleição, Gustavo Fruet (PDT). Ele com 22% em empate técnico com Ney Leprevost (PSD), que tem 17%.

A abertura das urnas neste domingo deve confirmar o isolamento do PT no berço da Lava Jato. O partido lançou Tadeu Veneri sem conseguir formar alianças. E tem apenas 23 candidatos a vereador concorrendo ao Legislativo municipal. Boa parte desses nomes, apenas para cumprir tabela.

Continua após a publicidade
Publicidade