Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Valdemar Costa Neto deixa Superintendência da PF após ser solto por Moraes

Presidente do PL foi preso em flagrante por porte ilegal de armas e suspeita de usurpação mineral

Por Da Redação
Atualizado em 11 fev 2024, 09h14 - Publicado em 10 fev 2024, 19h06

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, concedeu liberdade provisória para Valdemar Costa Neto neste sábado, 10. O presidente do Partido Liberal (PL) deixou a Superintendência da PF em Brasília pouco antes das 22h.

Ao deixar o local, Valdemar cumprimentou a imprensa, mas não deu entrevistas por orientação de seu advogado. “Marcelo Bessa não quer”, disse.

Valdemar foi preso na última quinta-feira por porte ilegal de armas, durante busca e apreensão feita na sede do partido. O político também estava sob posse de uma pepita de ouro, segundo motivo para a prisão, desta vez sem direito a fiança, por suspeita de usurpação mineral. Embora o local de onde veio seja desconhecido, a análise da Instituto Nacional de Criminalística (INC) aponta que é originária de um garimpo. 

A decisão do ministro foi tomada um dia depois de ele converter a prisão flagrante em prisão preventiva. Apesar da concessão à liberdade, Moraes manteve medidas cautelares que deverão ser compridas pelo político. Ainda não se sabe se a detenção de Rafael Martins de Oliveira, Marcelo Costa Câmara e de Filipe Martins, também alvos da operação, será revertida. 

Continua após a publicidade

Chamada de Operação Tempus Veritatis (hora da verdade, em latim), ação conduzida pela Polícia Federal tem como objetivo investigar as articulações de um possível golpe de Estado durante o Governo Bolsonaro.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.