Clique e assine a partir de 9,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Monteiro Lobato

Livros de Monteiro Lobato poderão ser republicados com supressão de trechos considerados indesejados pelas editoras
A proteção aos direitos é válida por 70 anos e termina a partir do primeiro dia do ano seguinte - como Lobato morreu em 1948, os direitos terminaram agora
Mudanças recentes mostram outro viés das causas do rebaixamento do Brasil nas avaliações internacionais
Após quase 100 anos do personagem Jeca Tatu, a anemia segue como um flagelo na população, afetando principalmente a população mais pobre
Obras lançadas na década de 1940 fazem parte do universo de 'O Sítio do Pica Pau Amarelo'
Publicado no Estadão deste sábado ROLF KUNTZ Monteiro Lobato criou um símbolo perfeito para o governo comandado pela presidente Dilma Rousseff, ao sintetizar no banquinho de três pernas o mobiliário e as ambições do caboclo. Para que quatro pernas, se três o sustentam e ainda evitam o trabalho de nivelamento? Os banquinhos do governo estão […]
Trecho da entrevista que William Faulkner concedeu a Jean Stein Vanden Heuvel, da Paris Review, em 1956:   “O escritor não precisa de liberdade econômica. Tudo de que precisa é lápis e papel. Eu nunca soube que algo bom em literatura tivesse se originado da aceitação de uma oferta gratuita de dinheiro. O bom escritor […]
Caros, um texto dos grandes. Espalhem e debatam. Algo de muito grave está presente entre nós. Querem nos colocar sob o tacão de novas ditaduras. Tenho 51 anos. Integrei a jovem geração que lutou por liberdade de pensamento e expressão. E que a conquistou, junto com os mais velhos, que se dedicaram à luta institucional. […]
Não! Nada de acordo por enquanto. Monteiro Lobato ainda não foi, digamos, “absolvido” pelo Supremo. Vocês não sabem a vergonha e o constrangimento que sinto ao escrever isso. Leiam o que informa Tai Nalon na VEJA.com. Volto em seguida. A audiência de conciliação proposta pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux para decidir se […]
As hostes militantes estão destruindo o que resta de inteligência brasileira. O país nunca foi tão estúpido e tão cheio de si; tão ignorante e tão orgulhoso; tão cretino e tão altivo; tão burro e tão cioso de sua sabedoria. Um livro de Monteiro Lobato foi parar no STF. Acusado de racismo, há quem pretenda cassá-lo […]
“Lobato está em boa companhia. A criação literária é um processo próprio, e tramas, personagens e cenários existem somente na imaginação do autor”. José Sarney, vulgo Madre Superiora, na coluna da Folha, fingindo que é escritor.
Publicidade