Clique e assine a partir de 9,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Maomé

Pânico é causado por colapso de passarela na cidade sagrada de Karbala; 75 pessoas estão feridas
Só as muçulmanas tuteladas na ignorância e talvez os muçulmanos menos instruídos não sabem que a inferioridade desumana a que o fundamentalismo islâmico condena a mulher não nasceu com o Islã e não é justificada no Corão. Essa escuridão não é matéria essencialmente religiosa ou cultural, como querem os seguidores fundamentalistas e os relativistas prontos […]
Ainda bem que o Profeta — sim, Maomé, ele mesmo! — reconhecia os valores da Lei Mosaica, né? O Corão diz que os ensinamentos passados a Moisés por Deus também valem para Aquele Que Não Pode Ser Desenhado. Ao ler o Estadão Online, cheguei a achar que o “Charlie Hebdo” já estivesse preparando mais uma […]
downloaded_image20150120-8664-1svgax2.jpeg
01m07s
play_circle_outline
Brasil

O maomé de picadeiro

Por Da Redação - Atualizado em 19 set 2016, 11h36 - Publicado em 20 jan 2015, 10h31
Aloísio de Toledo César, o novo secretário de Justiça de São Paulo, assume o lugar do Profeta, ataca as vítimas dos terroristas e condena a liberdade de expressão.
ATUALIZADO ÀS 23h37 “O Profeta Maomé é o modelo que seguimos”, informa no vídeo o saudita Ahmad Al Mu’bi. “Ele tomou Aisha como sua esposa quando tinha 6 anos, mas só fez sexo quando ela tinha 9″. O maridão já passara dos 50, dispensou-se de lembrar o oficiante de casamento. Também lhe pareceu irrelevante ressalvar […]
O jornalista dinamarquês Flemming Rose, de 56 anos A VEJA desta semana traz um artigo de Flemming Rose, editor do jornal dinamarquês Jyllands-Posten, que durante uma década teve de viver à sombra de ameaças terroristas e tentativas frustradas de assassinato por encomendar em 2005 uma dúzia de charges retratando Maomé. Precursor no tipo de publicação que serviria […]
O tom burocrático da nota divulgada pela presidente Dilma Rousseff escancara a inexistência de indignação real. Decididamente, o governo brasileiro não enxerga ─ ou não quer enxergar, o que dá no mesmo ─ as reais dimensões da carnificina que dizimou a redação do semanário Charlie Hebdo. Foi uma das mais chocantes operações terroristas registradas num […]
downloaded_image20150107-29175-32sr74.jpeg
07m29s
play_circle_outline
Brasil

Somos todos Charlie

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 16h08 - Publicado em 7 jan 2015, 15h51
A França caça os terroristas que assassinaram nesta quarta-feira doze pessoas em Paris, entre elas quatro jornalistas da revista Charlie Hebdo. Os EUA já ofereceram ajuda. Hoje todos os que defendem a liberdade de expressão foram atacados. O colunista Caio Blinder comenta o impacto mundial da tragédia.
Justiça paquistanesa considerou ofensiva participação da atriz em cena que fazia referência ao casamento da filha do profeta Maomé
Pesquisa publicada em outubro nos EUA e ainda sem data de chegar ao Brasil propõe um método matemático, com base na enciclopédia virtual, para apontar as personalidades mais importantes da história do mundo
O grupo terrorista islâmico da Nigéria já matou pelo menos 1.400 pessoas desde 2010
capa-revista-el-jueves-maome-20120927-01-original.jpeg
Mundo

Revista espanhola publica charge de Maomé

Por Da Redação - 27 set 2012, 12h21
Esta é a terceira publicação europeia que satiriza o profeta em meio a onda de revoltas. Ministério de Relações Exteriores ainda estuda medidas de segurança
Ministro do Interior advertiu que aqueles 'que estão em nosso território para desafiar nossas leis não devem permanecer em nossa sociedade'
Ministro das Ferrovias paquistanês havia anunciado, no sábado, que pagaria US$ 100.000 para quem matasse o diretor do filme que difama Maomé
Ele acrescentou que mataria o autor do vídeo com suas próprias mãos se tivesse a oportunidade
A publicação do cartum causou protestos em diversos países, em meio a uma onda de revolta no mundo islâmico
Entre as vítimas está motorista de carro de reportagem que foi a Peshawar para cobertura de manifestação. Perto dali, multidão incendiou dois cinemas
Líder sunita afirma que mulçumanos devem protestar, mas devem suportar - como Maomé - sem retaliações as ofensas à religião e ao profeta
Imagem, originalmente publicada pelo semanário francês 'Charlie Hebdo', havia sido postada na página da revista 'Le Point'
A representação do profeta é considerada um pecado para os muçulmanos. Caricaturas feitas por semanário francês esta semana já causaram distúrbios
Publicidade