Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Sob críticas de antissemitismo no X, Elon Musk visita Israel

Bilionário encontrou primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e visitou comunidades atacadas pelo Hamas

Por Da Redação
Atualizado em 29 nov 2023, 08h53 - Publicado em 27 nov 2023, 11h49

O bilionário Elon Musk está visitando Israel nesta segunda-feira, 27, para se encontrar com os líderes do país enquanto aumentam as acusações de antissemitismo na sua rede social X, anteriormente conhecida como Twitter. O magnata da tecnologia visitou um kibutz que foi atacado no mês passado por militantes do Hamas, junto do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

Musk, vestindo um colete balístico e escoltado por uma série de seguranças, usou seu telefone para tirar fotos e vídeos da devastação do local.

Em Kfar Aza, que fica cerca de 5 quilômetros a leste de Gaza, foram registradas mais de 100 mortes de civis durante a invasão de militantes do Hamas no dia 7 de outubro. Ao todo, a série de ataques deixou cerca de 1.200 mortos. 

+ Polícia prende atirador que tentou matar 3 estudantes palestinos nos EUA

Continua após a publicidade

Musk e Netanyahu também foram ao local do sequestro de Avigail Idan, de 4 anos, cujos pais foram mortos durante o ataque. Idan foi feita refém, mas libertada no último domingo, 26.

Musk também deve se encontrar com o presidente israelense, Isaac Herzog, e com Benny Gantz, ex-ministro da Defesa e atual membro de um gabinete especial de guerra. O ministro das comunicações de Israel, Shlomo Karhi, também falou sobre um acordo que seu ministério havia fechado com a empresa de internet via satélite Starlink, de Musk.

“Como resultado deste acordo significativo, as unidades de satélite Starlink só podem ser operadas em Israel com a aprovação do Ministério das Comunicações de Israel, incluindo a Faixa de Gaza”, escreveu Karhi.

+ No último dia de trégua, Israel e Hamas negociam estender cessar-fogo

O último encontro de Netanyahu e Musk aconteceu em setembro, quando o primeiro-ministro disse ao CEO da Tesla que esperava poder encontrar uma forma de reverter o antissemitismo e outras formas de ódio dentro dos limites da Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos. Apesar disso, o porta-voz do governo israelense, Eylon Levy, se recusou a confirmar se Musk foi convidado a Israel ou viajou por conta própria.

O bilionário tem enfrentado acusações de tolerar mensagens antissemitas na plataforma desde que a comprou, no ano passado, e o conteúdo do X ganhou maior intensidade desde o início da guerra entre Israel e o Hamas. Uma série de grandes marcas, incluindo Disney e IBM, decidiram parar de anunciar na plataforma depois que um relatório do grupo Media Matters disse que anúncios estavam aparecendo ao lado de conteúdos pró-nazismo.

+ ‘Me agarro à esperança’, diz irmã de brasileiro sequestrado pelo Hamas

Neste mês, o dono do X respondeu a um usuário que acusou os judeus de odiarem brancos e professou indiferença ao antissemitismo, dizendo: “Você disse a verdade”.

Continua após a publicidade

https://x.com/elonmusk/status/1724908287471272299

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.