Clique e assine a partir de 8,90/mês

Síria afirma ter derrubado drone americano

Pentágono disse ter perdido contato com Predator no noroeste do país. Incidente é o primeiro desde início de ataques da coalizão internacional contra o EI em território sírio.

Por Da Redação - 17 mar 2015, 21h26

A Síria anunciou nesta terça-feira ter derrubado um drone americano que sobrevoava a região de Latakia, no noroeste do país. “A defesa antiaérea síria derrubou uma aeronave hostil de reconhecimento dos Estados Unidos no norte de Latakia”, afirmou a agência estatal Sana.

O Pentágono disse ter perdido o contato com um drone MQ-1 Predator enviado ao noroeste da Síria, mas observou que ainda não é possível dizer se a aeronave não tripulada foi derrubada.

Este é o primeiro incidente deste tipo a ser registrado desde que Washington criou uma coalizão internacional para bombardear as posições do grupo terrorista Estado Islâmico em território sírio, em setembro passado. A Síria não participa da coalizão.

Leia também:

Mãe sequestra os dois filhos e se junta ao EI na Síria

Caio Blinder: O barril de mentiras de Bashar Assad

Armas químicas – Também nesta terça, ativistas sírios acusaram as forças do governo de usar gás cloro em um ataque contra a província de Idlib, no noroeste do país. Três crianças estariam entre as seis vítimas mortais do ataque, que também deixou várias pessoas contaminadas. Segundo os relatos, uma aeronave lançou bombas com o produto químico sobre a cidade de Sarmin.

No início deste mês, o Conselho de Segurança da ONU aprovou uma resolução condenando o uso de armas químicas na Síria. O documento, patrocinado pelos Estados Unidos, prevê o uso de força militar caso novas violações aconteçam. No entanto, uma ação militar ainda dependeria de uma improvável aprovação do conselho.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade