Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ronald Biggs será libertado

O britânico Ronald Biggs, conhecido como o “ladrão do século” pelo assalto ao trem pagador de Glasgow em 1963, na Escócia, vai ser libertado da prisão. O ministro da Justiça da Grã-Bretanha Jack Straw disse nesta quinta-feira que a decisão foi tomada tendo em vista o “precário” estado de saúde em que se encontra Biggs.

O famoso assaltante, que viveu por mais de 35 anos no Brasil, completará 80 anos no próximo sábado e está internado desde o dia 28 de julho por causa de uma grave pneumonia. Ele precisou ser transferido de sua cela na prisão de Norwich o hospital Norfolk e Norwich. A decisão da Justiça terá validade a partir de sexta-feira. “A evidência médica mostra claramente que Biggs está muito doente e que a condição dele se deteriorou recentemente, culminando em uma nova internação. Não se espera que sua condição melhore”, disse o ministro Straw.

O próprio Straw já havia negado a liberdade condicional a Biggs porque o ladrão “não se arrepende de seu crime”. Biggs já sofreu uma série de derrames, ataques cardíacos, e crises epilépticas desde maio de 2001, quando decidiu se entregar voluntariamente à Justiça britânica. Ele teria direito à liberdade condicional por já ter cumprido um terço de sua pena, de 30 anos.

Após ser atendido esta semana no centro hospitalar, os advogados do conhecido criminoso voltaram a solicitar a libertação de Biggs, devido a seu frágil estado de saúde. Ele já quase não consegue andar nem falar e recebe alimentação através de uma sonda.