Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Protestos tomam conta das ruas da Jordânia nesta sexta

Manifestantes pedem a saída do primeiro-ministro. Atos ocorrem em meio à onda de protestos pró-democracia no Egito e na Tunísia

Por Da Redação
28 jan 2011, 12h55

Ativistas do principal partido de oposição da Jordânia, a Frente Ação Islâmica, sindicalistas e organizações de esquerda saíram às ruas de Amã, capital do país, pelo terceiro dia consecutivo. Houve manifestações também em outras seis cidades. Os jordanianos exigem a renúncia do primeiro-ministro, Samir Rifai, e protestam contra o aumento da inflação e o desemprego. O movimento é inspirado nas manifestações pró-democracia que tomaram conta da Tunísia e do Egito nos últimos dias.

Em Amã, os protestos reuniram cerca de 3.500 pessoas. Nas demais cidades, o total de manifestantes ficou em aproximadamente 2.500. Eles tomaram as ruas após as preces do meio-dia. Diante dos constantes apelos populares para a dissolução do governo, o rei Abdullah II prometeu reformas – sobretudo em relação à controversa lei eleitoral. Mas muitos acreditam que é improvável que ele atenda aos pedidos para que um novo premiê e novos membros do gabinete sejam eleitos. Afinal, eles são tradicionalmente apontados pelo rei.

Nas últimas semanas, o atual premiê anunciou um pacote de 550 milhões de dólares em novos subsídios para combustível e produtos como arroz, açúcar, carne e gás liquefeito para aquecimento e cozinha. Também anunciou um aumento para funcionários públicos e o setor de segurança. Ainda assim, a economia jordaniana enfrenta dificuldades, com um déficit recorde de 2 bilhões de dólares. A inflação chegou a 6,1% no mês passado. A estimativa é de que 25% da população local sofra com a pobreza e 12%, com o desemprego.

(Com Agência Estado)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.