Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Protestos anti-quarentena reúnem milhares na Holanda

Atos também rejeitaram apelo por vacinação

Por Ernesto Neves Atualizado em 4 dez 2021, 17h12 - Publicado em 4 dez 2021, 17h02

Milhares de pessoas se reuniram em Utrecht, na Holanda, neste sábado (4), para protestar contra novas restrições sanitárias no país.

O governo colocou em vigor novas medidas para conter o avanço de infecções durante o inverno, assim como o alastramento da variante Ômicron.

Manifestantes também reclamaram da pressão crescente do governo holandês para serem vacinados se quiserem participar das atividades cotidianas.

Essa é a primeira grande manifestação na Holanda contra as novas medidas, que incluem o fechamento noturno de bares, restaurantes e da maioria das lojas para conter uma nova onda de casos de COVID-19.

Manifestantes anti-vacina se reúnem em Utrecht, na Holanda
Manifestantes anti-vacina se reúnem em Utrecht, na Holanda Getty/Getty Images
Continua após a publicidade

Publicidade