Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Premiê japonês aprova projeto de reforma tributária decisiva

Proposta, que será votada no parlamento, prevê uma polêmica alta de impostos

A proposta também inclui mudanças no sistema de seguridade social e reduções severas no funcionalismo público do país

O gabinete do primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda, aprovou nesta sexta-feira o projeto de sua ambiciosa reforma tributária, no primeiro passo para ratificar uma polêmica alta de impostos, informou a agência de notícias Kyodo. Com a reforma, que é rejeitada pela oposição, o governo japonês prevê aumentar em 2014 o imposto sobre o consumo de 5% para 8%, elevando a taxa a 10% em 2015.

Cortes – A lei também inclui a reforma do sistema da seguridade social, a fim de cobrir os custos de uma das sociedades mais envelhecidas do mundo, assim como a revisão das despesas da administração, com medidas como a redução do número de cadeiras no parlamento e a redução dos salários dos funcionários públicos.

Apesar de Noda ter multiplicado as negociações com os principais partidos da oposição, que controlam a Câmara Alta, ainda é preciso convencer o parlamento para poder aprovar a medida. O governo deverá apresentar a reforma tributária até o fim de março, em medida também necessária para sanear as maltratadas contas do Japão, país detentor da maior dívida pública do mundo industrializado.

(Com agência EFE)