Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia elimina ‘principais ameaças’ de casa do atirador dos EUA

Washington, 21 jul (EFE).- As forças policiais e o esquadrão anti-bombas conseguiram eliminar ‘as principais ameaças’ presentes no apartamento de James Holmes, autor do ataque que matou 12 pessoas em um cinema da cidade de Aurora, no Colorado, após perceberem que o local era uma armadilha carregada de bombas.

O esquadrão anti-bomba realizou uma explosão controlada para desativar umas das armadilhas preparadas por Holmes em sua casa. Segundo fontes do departamento de Polícia de Aurora, ‘a detonação controlada foi um sucesso e as principais ameaças foram eliminadas’, embora os agentes ainda vão retirar alguns explosivos que ainda restam instalados no edifício.

Apesar da explosão ter produzido pouco barulho, a polícia se cercou de precauções, pois a armadilha estava preparada para ‘matar as pessoas que entrassem no apartamento’. O esquadrão anti-bomba segue trabalhando no local para detectar novas ameaças escondidas na casa.

Na madrugada desta sexta-feira, Holmes, de 24 anos, invadiu a sala 9 do complexo de cinemas ‘Century 16’ e disparou contra os presentes, que assistiam a estreia de ‘Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge’. James Holmes era formado eu neurociência e recentemente tinha abandonado um doutorado na área.

Após o massacre, que Holmes realizou com roupas à prova de balas e uma máscara de gás, o atirador se rendeu à polícia e confessou que tinha armazenado grandes quantidades de explosivos em sua casa.

Cerca de cem integrantes de vários departamentos de polícia, bombeiros, agentes do FBI e do Escritório para o Controle do Álcool, Tabaco e Armas de Fogo (ATF, por sua sigla em inglês), foram para sua residência e demoraram mais de 24 horas para desativar os detonadores do apartamento. As imediações do local foram evacuadas.

Os investigadores ainda se perguntam como o jovem adquiriu conhecimento e habilidade para instalar sofisticados aparatos explosivos, que podem incluir produtos químicos para intensificar o alcance de dezenas de bombas do tamanho de uma bola de tênis.

A polícia de Aurora detalhou em comunicado que têm a intenção de retirar e detonar em uma zona segura os explosivos e o armamento encontrado na casa de Holmes, que serão transportados em caminhões protegidos por areia.

Enquanto isso, dos 58 feridos, sete continuam em estado crítico em hospitais da área metropolitana de Denver, embora os médicos afirmem que o quadro deles é estável.

Uma das pessoas em estado grave é Ashley Moser, de 25 anos, mãe de Verónica, de seis anos, a mais jovem vítima do massacre. Segundo confirmou uma familiar de Ashley, ela sofreu ferimentos no pescoço e abdômen e está paralisada.

Equipes de psicólogos estão ajudando as vítimas e os familiares a lidar com o trauma da tragédia.

Vários pontos improvisados na cidade de Aurora lembram as vítimas, que tem suas identidades reveladas pouco a pouco pela imprensa americana.

A maioria dos mortos confirmad até agora tinha cerca de vinte anos, como Matt McQuinn, que perdeu a vida ao proteger com seu corpo sua namorada, ou Alex Sullivan, que completava anos no dia do ataque e resolveu comemorar assistindo a estreia do filme. EFE