Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Pentágono publica selfie de piloto americano com balão espião chinês

A foto foi tirada do jato militar quando o balão entrou no espaço aéreo dos EUA no início deste mês, antes de ser abatido sobre o Atlântico

Por Da Redação
Atualizado em 23 fev 2023, 20h07 - Publicado em 23 fev 2023, 09h09

O Pentágono divulgou nesta quinta-feira, 23, uma selfie tirada pelo piloto de um avião espião U-2 voando acima do balão espião chinês, que provocou uma crise no início deste mês, quando adentrou o espaço aéreo dos Estados Unidos. A fotografia foi tirada enquanto os militares americanos perseguiam o objeto pelos céus, antes de derrubá-lo na costa da Carolina do Sul no dia 4 de fevereiro.

A imagem mostra claramente a misteriosa esfera branca do balão, com painéis pendurados na parte de baixo e, intencionalmente ou não, uma visão impressionante da sombra da aeronave americana projetada contra o objeto voador.

+ O que se sabe sobre os quatro objetos voadores abatidos pelos EUA

A foto foi tirada pelo piloto na cabine de comando, quando o balão entrou no espaço aéreo dos Estados Unidos em alta altitude. A selfie foi reportada pela primeira vez pela emissora americana CNN.

Continua após a publicidade

O balão espião foi avistado pelo público acima do estado de Montana, onde há mais de uma centena de silos que armazenam armas nucleares, e depois rastreado por vários dias pelas autoridades dos Estados Unidos enquanto atravessava o país.

+ O que é o balão espião chinês que o Pentágono diz estar sobrevoando os EUA

O incidente causou um conflito diplomático entre Washington e Pequim. O secretário de Estado americano, Antony Blinken, cancelou uma viagem para a China, enquanto autoridades chinesas comunicaram que se reservariam o direito de adotar uma abordagem semelhante caso algum objeto dos Estados Unidos entrasse em seu espaço aéreo, alertando para “consequências”.

Continua após a publicidade
This handout photo from Chase Doak taken on February 1, 2023 and released on February 2 shows a suspected Chinese spy balloon in the sky over Billings, Montana. - The Pentagon said February 2 it was tracking a Chinese spy balloon flying high over the United States, reviving tensions between the two countries just days ahead of a rare visit to Beijing by the top US diplomat. (Photo by Chase DOAK / CHASE DOAK / AFP) / -----EDITORS NOTE --- RESTRICTED TO EDITORIAL USE - MANDATORY CREDIT
O Pentágono rastreia um balão de espionagem chinês há alguns dias, aumentando as tensões entre os dois países poucos dias antes de uma rara visita a Pequim do principal diplomata dos EUA. 02/02/2023 –  (Chase Doak/AFP)

Quando o balão atravessou vários estados e chegou ao Oceano Atlântico, onde os militares consideraram mais seguro derrubá-lo, ele foi abatido por um único míssil disparado de um caça F-22 Raptor, que decolou da base aérea de Langley, na Virgínia.

Os destroços foram recuperados e estão sendo analisados. Uma avaliação preliminar levou o Departamento de Estado dos Estados Unidos a concluir que o artefato era, realmente, um balão espião, devido aos seus avançados sensores e hastes para coleta de informação.

Continua após a publicidade
PETTY OFFICER 1ST CLASS TYLER THOMPSON / US NAVY /
Marinha americana recupera balão chinês que sobrevoava território estadunidense –  (PETTY OFFICER 1ST CLASS TYLER THOMPSON / US NAVY/AFP)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.