Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Partido Trabalhista galês vence as eleições legislativas

Faltou apenas uma cadeira para a legenda ter maioria absoluta na Assembleia

O Partido Trabalhista galês se transformou nesta sexta-feira na força majoritária da Assembleia Nacional de Gales, faltando uma cadeira para ter a maioria absoluta. Em função disso, estuda possíveis alianças com outros partidos para governar com certa comodidade nessa autonomia. Com todos os votos apurados após as eleições da quinta-feira, os trabalhistas tinham 30 cadeiras de um total de 60 (ganharam quatro), os conservadores acumulavam 14 (ganharam duas), os nacionalistas de Plaid Cymru tinham 11 (perderam quatro), e os liberais-democratas ficaram com cinco depois de perderem uma.

Os resultados indicam retorno do voto aos trabalhistas, que ganharam todas as eleições desde a constituição da Assembleia galesa em 1999 (após a devolução de competências do governo central sob o governo trabalhista de Tony Blair), mesmo sem obter a maioria, governando em coalizão. Nesse caso, o avanço trabalhista ocorreu em detrimento dos nacionalistas de Plaid Cymru, que perderam quatro cadeiras, e dos liberais, que cederam uma, enquanto os conservadores registraram um bom resultado ao somar duas cadeiras.

Os trabalhistas mais proeminentes já insinuaram que o partido buscará aliados para dar estabilidade à legislatura, mantendo para sua formação o cargo de ministro principal. O até agora chefe do governo galês, Carwyn Jones, declarou que o povo de Gales indicou que quer um governo liderado pelos trabalhistas, em alusão à possibilidade de permitir a entrada de outras formações em certos cargos, e acrescentou que, de qualquer maneira, têm pela frente cinco “estimulantes” anos de governo.

(Com agência EFE)