Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Partido Comunista chinês revoga veto ao golfe

O esporte foi proibido no ano passado, como parte das "medidas anticorrupção" do presidente Xi Jinping

O Partido Comunista chinês revogou nesta semana o veto ao golfe imposto aos seus 88 milhões de membros em 2015. O esporte havia sido banido como parte das “medidas anticorrupção” do presidente Xi Jinping. Na ocasião, o partido único da China inclui também em sua lista de proibições “relações sexuais impróprias” e beber e comer em excesso. As regras disciplinares foram então consideradas as mais rígidas desde os anos 1980.

Leia também:

China publica relatório sobre “terrível” situação de direitos humanos nos EUA

China põe fim à “política do filho único” e libera casais a terem dois filhos

Ao vetar o golfe em 2015, o PC chinês tratou o hobby como emblema de dissolução moral e corrupção de novíssimos ricos do país. Para as punições, bastava a posse de cartões de clubes de golfe. “Já que é apenas um esporte, não existe certo e errado em relação ao golfe”, afirma agora o jornal Notícias da Inspeção de Disciplina e Supervisão, um veículo oficial Partido Comunista Chinês. A reabilitação do esporte, contudo, é acompanhada de algumas regras: só é permitido jogar golfe com recursos próprios e nunca no horário de trabalho.

(Da redação)