Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Opositora ucraniana Yulia Timoshenko é hospitalizada

Por Sergei Supinsky 21 abr 2012, 09h39

A opositora ucraniana Yulia Timoshenko, condenada a sete anos de prisão, foi hospitalizada na sexta-feira à noite por dores na coluna em uma clínica de Kharkiv, onde seu julgamento foi iniciado na quinta-feira sem a sua presença, indicou neste sábado a direção da prisão.

“Timoshenko chegou ao hospital central na sexta-feira à noite”, indicou o comunicado da prisão na qual está detida desde agosto de 2011.

“Depois de ter revisado suas conclusões, seus médicos alemães finalmente decidiram começar o tratamento de Timoshenko no hospital que propuseram (…) na cidade de Kharkiv”, informa a nota.

Timoshenko, que se queixa de dores nas costas e da falta de tratamento desde sua detenção na prisão de mulheres de Kharkiv, negava-se a se tratar em um hospital ucraniano até que seus médicos alemães aprovassem a escolha do hospital, o que fizeram nesta semana.

Timoshenko, condenada em outubro a sete anos de prisão por abuso de poder, começou na quinta-feira passada a ser processada novamente, nesta ocasião por acusações de desvio de fundos públicos e evasão fiscal em 1997-1998, quando dirigia o grupo Sistemas Energéticos Unidos da Ucrânia (SEUU), crimes pelos quais pode enfrentar uma condenação de até 12 anos de prisão.

De acordo com seus advogados de defesa, Timoshenko sofre com problemas na coluna vertebral e se desloca com dificuldade.

Continua após a publicidade
Publicidade