Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Obama já é mais impopular que Bush, diz pesquisa da CNN

A aprovação do atual presidente americano entre a população dos Estados Unidos está cada vez pior

Por Da Redação
Atualizado em 5 jun 2024, 02h08 - Publicado em 3 jun 2015, 17h20

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, é menos popular entre os cidadãos americanos do que seu antecessor, George W. Bush. Os dados foram divulgados por uma pesquisa encomendada e publicada nesta quarta-feira pela rede CNN. Segundo o levantamento, apenas 49% dos americanos aprovam Obama, enquanto 52% são favoráveis a Bush. O trabalho do democrata à frente da Casa Branca também é criticado pela maioria: 52% dos entrevistados desaprovam o mandato do presidente – um aumento de cinco pontos percentuais em comparação com um estudo realizado no último mês.

A pesquisa demonstra que 63% dos entrevistados reprovam a forma como Obama combate a ameaça imposta pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI), 60% acreditam que o democrata não responde de forma apropriada à imigração ilegal e 67% têm uma visa negativa da vigilância do governo. O presidente também é criticado pela maioria por falhar na economia (53%), no sistema de saúde (54%), na política externa (55%), no terrorismo (51%) e na mudança climática (49%). Obama só possui índices positivos em assuntos relacionados às relações raciais nos Estados Unidos, com 50% de respaldo.

Leia também:

Futura visita de Obama ao Quênia provoca críticas no país

Corte de apelações mantém veto à reforma imigratória de Obama

Continua após a publicidade

Em dois meses, Hillary despenca e está empatada tecnicamente com Bush

Para o portal Breitbart, a incompetência de Obama aos olhos da população não é o único fator que levou os índices de aprovação de Bush a ultrapassarem os do democrata. O ex-presidente republicano se afastou totalmente da política desde que deixou a Casa Branca e só tem aparecido em público para apoiar causas que contam com apelo popular, como a dos soldados feridos em combate. A agência France-Presse reportou que Bush, responsável por levar os Estados Unidos para a guerra no Iraque, precisou de quase uma década para conseguir apresentar uma opinião favorável entre a maioria dos americanos.

Bush e Clinton – Ainda de acordo com a pesquisa da rede CNN, 64% dos americanos emitiram opiniões favoráveis sobre Bush e Bill Clinton quando precisaram classificar os ex-presidentes vivos. O índice é importante por demonstrar qual a influência que os ex-mandatários poderão exercer sobre a disputa presidencial de 2016. Hillary Clinton, mulher de Bill e ex-secretária de Estado, desponta como a principal candidata democrata para as eleições gerais. Já Jeb Bush, irmão de George e ex-governador da Flórida, é visto pela imprensa americana como o único republicano capaz de enfrentar Hillary de igual para igual na corrida pela sucessão de Obama.

(Da redação)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.