Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Número de mortes causadas por tufão nas Filipinas passa de 5 mil

Contagem faz do Haiyan o pior desastre natural já registrado na história do país

O número de mortes provocadas pelo tufão Haiyan, que atingiu as Filipinas há duas semanas, subiu para 5 209, informou nesta sexta-feira a Agência Nacional de Desastre. Com isso, o supertufão entra para a história como o pior desastre natural das Filipinas.

O fenômeno, que chegou a ter ventos de mais 300 quilômetros por hora, provocou mais mortes e destruição do que uma tempestade em 1991 que matou 5.101 pessoas em Ormoc, na mesma província de Leyte que foi devastada pelo Haiyan.

Segundo Eduardo del Rosario, diretor-executivo do Conselho Nacional de Redução de Risco e Gerenciamento de Desastre, cerca de 23 500 pessoas ficaram feridas e mais de 1 600 ainda estão desaparecidas devido ao tufão, que também deixou mais de 4 milhões de desabrigados. Os danos a plantações e a infraestrutura foram avaliados em 12 bilhões de pesos (274 milhões de dólares).

Leia também:

MSF afirma que ajuda ainda não chegou a algumas vítimas do tufão Haiyan

A maioria das vítimas morreu afogada ou atingida pelo desabamento de estrutura e de árvores. Segundo as autoridades, o número de mortos ainda deve subir, já que apenas 52% da cidade de Tacloban, uma das mais atingidas, teve os escombros retirados.

(Com agências Reuters e EFE)