Clique e assine com 88% de desconto

No Oriente Médio, príncipe William visita templo de Jerash na Jordânia

William deve ser o primeiro herdeiro real britânico a visitar o Muro das Lamentações desde o término do Mandato Britânico

Por Da redação - 25 jun 2018, 10h23

O príncipe William do Reino Unido viajou hoje à cidade jordaniana de Jerash, onde visitou o sítio arqueológico romano de mesmo nome na companhia do príncipe herdeiro Hussein bin Abdallah e se reuniu com crianças sírias e jordanianas.

O duque de Cambridge chegou no ontem à Jordânia para a primeira etapa de uma viagem oficial pelo Oriente Médio, que também o levará a Israel.

Em Jerash, cerca de 50 quilômetros ao norte de Amã, o príncipe William, de 36 anos, e o príncipe Hussein, de 23, cruzaram o Cardo Maximus, uma avenida de 800 metros de extensão e se detiveram no templo de Artêmis, construído no século II.

Estudantes sírios e jordanianos beneficiários de um programa de ajuda apoiado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) esperavam os dois príncipes no teatro antigo com cantos e poemas.

Publicidade

Na Jordânia, há cerca de 650.000 refugiados sírios registrados pelas Nações Unidas desde o início da guerra em seu país, em 2011. Amã calcula que sejam mais de 1,3 milhão, o que, segundo as autoridades, custa mais de 10 bilhões de dólares anuais ao reino.

O príncipe William também deve se reunir com militares britânicos na Jordânia, antes de voar hoje à tarde para Israel.

Após sua chegada no domingo a Amã, viu depois a partida entre Inglaterra e Panamá (6-1), na companhia do jovem príncipe jordaniano, e postou fotos do momento.

Momento histórico

Especula-se que a visita do herdeiro do trono britânico seja histórica principalmente pela provável inclusão no roteiro de paradas no Yad Va’Shem (Museu do Holocausto) e, principalmente, no Muro das Lamentações, durante sua estada em Israel –– esta seria a primeira vez que a realeza britânica visita o local de maior importância para o judaísmo desde o término do Mandato Britânico em 1948.

Publicidade

 

(Com AFP)

Publicidade