Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Muçulmanos fazem manifestações em vários países

Por Da Redação 29 dez 2008, 16h03

Nesta segunda-feira, muçulmanos de vários países foram às ruas para manifestar oposição aos ataques aéreos de Israel contra a Faixa de Gaza. Os maiores protestos ocorreram no Líbano, Jordânia, Egito, Iraque e Irã. Em Beirute, capital libanesa, os xiitas gritavam “morte aos Estados Unidos, morte a Israel”.

Na Jordânia, cerca de 20.000 pessoas se reuniram na capital Amã para pedir o fim dos bombardeios. Já no Egito, houve uma marcha com 1.000 pessoas em solidariedade aos palestinos. Os manifestantes criticaram o governo egípcio por colaborar com o bloqueio à região de Gaza nos últimos meses.

As cenas de protestos se repetiram no Iraque, no Irã, na Síria, na Líbia e no Paquistão. O líder do grupo radical xiita Hezbollah, o xeque Nassan Nasrallah, voltou a pedir que os povos dos países árabes e muçulmanos se unam em apoio a Gaza.

Em Londres, centenas de manifestantes se concentraram diante da embaixada de Israel. Segundo a rede BBC, pelo menos 500 pessoas participaram do protesto. Na noite de domingo, a polícia britânica prendeu dez pessoas no local em outra manifestação contra os ataques de Israel.

Continua após a publicidade
Publicidade