Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muamar Kadafi está na Líbia e quer morrer como um ‘mártir’

Rádio transmitiu novo discurso do ex-ditador, ainda em paradeiro desconhecido

O ex-ditador líbio Muamar Kadafi afirmou que permanece na Líbia e que deseja morrer como um “mártir”, informa o site da Allibiya, a emissora de televisão estatal do antigo regime. “Há heróis que resistiram e caíram como mártires, e nós também esperaramos o martírio”, disse o coronel em um discurso transmitido por uma rádio local em Bani Walid, um de seus últimos redutos, segundo uma transcrição divulgada na internet.

Entenda o caso

  1. • A revolta teve início no dia 15 de fevereiro, quando 2.000 pessoas organizaram um protesto em Bengasi, cidade que viria a se tornar reduto da oposição.
  2. • No dia 27 de março, a Otan passa a controlar as operações no país, servindo de apoio às tropas insurgentes no confronto com as forças de segurança do ditador, que está no poder há 42 anos.
  3. • Após conquistar outras cidades estratégicas, de leste a oeste do país, os rebeldes conseguem tomar Trípoli, em 21 de agosto, e, dois dias depois, festejam a invasão ao quartel-general de Kadafi.
  4. • A caçada pelo coronel continua. Logo após ele divulgar uma mensagem em que diz que resistirá ‘até a vitória ou a morte’, os rebeldes ofereceram uma recompensa para quem o capturar – vivo ou morto.

Leia mais no Tema ‘Confrontos na Líbia’

Kadafi falou para partidários de Warfala, uma das tribos mais importantes do país, que há semanas combatem as tropas do novo regime em Bani Walid, que fica 170 quilômetros ao sudeste de Trípoli.

“Através de vossa jihad, estão reeditando as façanhas de vossos antepassados. Saibam que estou no campo de batalha como vocês”, afirmou o ex-ditador, cujo paradeiro ainda é desconhecido. “Estão mentindo quando afirmam que Kadafi está na Venezuela ou em Níger. Estou com meu povo e nos próximos dias acontecerá um golpe inesperado contra este grupo”, ameaçou.

Ataques – A nova mensagem de Kadafi é divulgada poucas horas após os rebeldes anunciarem que derrubaram mais um de seus bastiões, Sirte. Forças insurgentes controlam o centro da cidade-natal do coronel e outros pontos estratégicos.

Os combatentes tomaram o controle do porto, da universidade Etthadi e da ilha de Dhoran, anunciou o porta-voz Shams Eddine, acrescentando que os combates continuam sendo travados, e de forma bastante violenta.

Onde fica: Sirte

Sirte é a cidade-natal do ex-ditador líbio Muamar Kadafi, que se tornou um de seus principais redutos depois que os rebeldes tomaram a capital Trípoli.

O paradeiro do coronel segue desconhecido mas, se for verdade que ele continua na Líbia, Sirte pode ser um de seus esconderijos.

(Com agências EFE e France-Presse)