Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Morre o tibetano que ateou fogo ao próprio corpo em Nova Délhi

Por Da Redação
28 mar 2012, 04h15

Nova Délhi, 28 mar (EFE).- Morreu nesta quarta-feira o jovem ativista tibetano que ateou fogo ao próprio corpo na última segunda em Nova Délhi em protesto pela visita à Índia do presidente da China, Hu Jintao, informaram à Agência Efe fontes do exílio tibetano.

Jamyang Yeshi, de 26 anos, estava hospitalizado com queimaduras em 90% de seu corpo, e os serviços médicos que lhe atendiam consideravam seu estado crítico.

Yeshi colocara fogo em seu corpo durante uma manifestação para protestar pela participação de Hu na quarta cúpula dos Brics, que começa hoje com a participação dos líderes de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Cerca de trinta tibetanos, muitos deles monges budistas, morreram após ações semelhantes no marco da atual onda de protestos contra a presença chinesa em Tibete, embora Yeshi seja o primeiro a falecer na Índia.

Continua após a publicidade

No país há uma reduzida embora notória comunidade tibetana, que tem seu centro em Dharamsala, o lugar onde se refugiou o Dalai Lama em sua fuga da China em 1959 e onde estabeleceu as instituições do Governo tibetano no exílio.

O chefe da representação tibetana em Nova Délhi, Tempa Tsering, autoridade que confirmou à Efe a morte do ativista, assegurou não poder indicar se haverá novas manifestações tibetanas contra a visita de Hu.

Nova Délhi estabeleceu um ferrenho dispositivo de segurança para evitar novos protestos, e Tsering contou que a Polícia isolou vários dos enclaves tibetanos na cidade. EFE

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.