Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Menino de 9 anos se suicida após sofrer bullying nos EUA

Jackson Grubb sofria com implicâncias de colegas de escola e era perseguido por crianças da vizinhança, de acordo com sua família

Por Da redação 16 set 2016, 16h05

Um menino de 9 anos cometeu suicídio em sua casa no Estado de West Virginia, nos Estados Unidos, após meses sofrendo bullying na vizinhança e por parte de colegas de escola. Segundo a família de Jackson Grubb, o menino estava se sentindo cada vez mais solitário e foi encontrado morto em seu quarto no último sábado.

“Por favor, parem com o bullying. Eu acabei de perder meu irmão menor, Jackson. Ele se enforcou”, escreveu uma de suas irmãs no Facebook, horas após o ocorrido. A adolescente foi até o quarto de Jackson no sábado para mostrar um sapo que havia capturado para alegrá-lo, mas acabou encontrando o garoto sem vida.

De acordo com a avó de Jackson, Betsy Baber, ele costumava responder com humor às crianças que o confrontavam, porém, começou a mostrar uma mudança de comportamento semanas antes de sua morte. “Eu estava passando tempo com ele, tentando que ele se abrisse, mas Jack era do tipo que guardava as coisas para si”, disse à avó em entrevista à emissora de TV WVVA.

Leia também:
Aluna atira em colega e se mata em escola no Texas
Idoso de 77 anos atira em três pessoas e se suicida nos EUA

A família de Jackson contou que ele havia construído uma casa na árvore no quintal de casa semanas antes na esperança de fazer novos amigos. “Essa mensagem precisa ser divulgada para que as crianças que não tem com quem conversar não contemplem o suicídio”, escreveu o tio do menino, Shane Baber, no Facebook. “Ouçam as vozes dos seus filhos antes que seja tarde demais”, pediu.

Uma campanha foi criada pelos familiares do menino no site de arrecadação GoFundMe para cobrir os custos do funeral, que está marcado para o próximo sábado (17). Segundo o jornal Washington Post, a polícia do condado de Raleigh confirmou que os ferimentos de Jackson foram causados por ele mesmo. Autoridades de educação do condado, porém, afirmaram que nenhum caso de bullying foi relatado nos últimos tempos pela Escola Elementar Sophia Soak Creek, onde o garoto cursava o terceiro ano.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)