Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Manto de Virgem Maria reúne mais de 100 mil peregrinos em Moscou

Moscou, 24 nov (EFE).- Aproximadamente 100 mil pessoas permanecem nesta quinta-feira em uma imensa fila na Catedral de Cristo Salvador, em Moscou, para ver o manto que – segundo a tradição religiosa -, foi tecido e usado por Virgem Maria, uma relíquia cedida pelo Mosteiro de Vatopedi, localizado no Monte Athos, na Grécia.

‘Entre 80 mil e 100 mil pessoas formam esta fila, um número muito elevado. Os peregrinos ficam de pé durante quase um dia inteiro e, no mínimo, terão de esperar mais 10h’, afirmou Sergey Sobyanin, prefeito de Moscou, informaram agências russas.

Conforme a Prefeitura, o número de fiéis e curiosos que decidiram desafiar as baixas temperaturas para cumprir com seu dever religioso e acompanhar a relíquia não parou de aumentar desde que a peça chegou à capital russa, no último sábado.

‘As pessoas devem medir suas forças e capacidades, já que estar sob o frio durante 10h é uma dura prova para o organismo e para saúde’, advertiu Sobyanin, em alusão ao frio de 3 graus negativos de Moscou.

Nesta quinta, a média de permanência de um peregrino na fila era de 26h, proeza que nem todos conseguiam suportar, já que muitos desistiam ou eram atendidos pelos serviços médicos antes da chegada ao templo.

A expectativa criada pela peça religiosa foi tal que a Prefeitura de Moscou, após um pedido da Igreja Ortodoxa Russa, habilitou postos com comida e chá quente, banheiros e uma embarcação no rio Moskova para que os fiéis pudessem se proteger do frio.

Devido à imensa fila, a catedral decidiu manter as portas abertas 24 horas por dia até 21h do próximo domingo (horário local). Desde o último fim de semana, quase 500 mil pessoas já visitaram o templo para ver o manto sagrado, uma das relíquias mais sagradas da religião ortodoxa que, por sinal, já passou por outras cidades russas.

O grande interesse dos fiéis levou o mosteiro do Monte Athos a ampliar o prazo de estadia do manto em território russo.

Segundo a tradição, o manto da Virgem Maria, que permaneceu na Grécia durante séculos, foi tecido pela própria mãe de Jesus. Os fiéis acreditam que a peça tem o poder de cura contra infertilidade, um dos problemas mais preocupantes na atual sociedade russa. EFE