Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Jihadistas do EI destroem maior prisão do norte do Iraque

Presos foram transferidos para Raqqah, no norte da Síria. Entre os detentos estão soldados iraquianos capturados pelos extremistas sunitas

Por Da Redação 15 dez 2014, 07h08

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) destruiu a maior prisão do norte do Iraque após ter levado os presos para Raqqah, principal reduto dos extremistas na Síria, informou nesta segunda-feira uma fonte iraquiana de segurança. O chefe do Comitê de Segurança da província iraquiana de Ninawa, Mohammed al Bayati, explicou que os extremistas destruíram totalmente o edifício e as torres da prisão de Badush, localizada a cerca de 15 quilômetros de Mosul, capital da província.

Entre os presos levados pelo EI para Raqqah estariam soldados iraquianos que os jihadistas capturaram no ataque ao quartel militar de Spiker, localizado na província de Saladino. Neste ataque, o EI executou dezenas de soldados que estavam protegendo uma base aérea, localizada no norte de Tikrit, após ter assumido o controle da cidade cinco dias antes.

Leia também

França desmantela rede que enviava jihadistas à Síria

Coalizão contra Estado Islâmico enviará 1.500 soldados ao Iraque

Estado Islâmico decapita quatro por ‘blasfêmia’ na Síria

Os jihadistas capturaram a prisão de Badush em 9 de junho e libertaram mais de 3.000 presos, entre eles líderes da organização. Pelo menos 550 detentos xiitas foram executados pelos extremistas sunitas do EI. Na quinta-feira passada, o grupo terrorista explodiu em Mosul cerca de 20 casas de membros do Exército e da minoria religiosa shabak. Todos os imóveis se encontravam vazios pois seus moradores tinham fugido da repressão ou já haviam sido assassinados pelo EI.

Desde que o EI ocupou Mosul em junho, a segunda cidade mais importante do Iraque, os extremistas se estenderam rapidamente por amplas zonas do norte do país, o que forçou centenas de milhares de pessoas a abandonarem seus lares.

(Com agências EFE e Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade